Por: João Marcos | 6 anos atrás

Vi lá no Judão e sintetizaram a ideia da mesma forma que eu penso:

Existiu uma época onde Call of Duty e Medal of Honor eram sinônimos de FPS da Segunda Guerra Mundial, também conhecida como a última guerra em que havia claramente um lado errado. Só que o tempo foi passando, as guerras ficando mais atuais, e as franquias resolveram focar em conflitos de hoje em dia, trazendo um tom cada vez mais realista e presente na vida de todos.

Medal of Honor seguiu esse caminho e vai continuar com Medal of Honor: Warfighter. COD abandonou completamente os conflitos sensacionais da Segunda Guerra e se embrenhou nos “Modern Warfare”, voltando um pouco ao passado com Call of Duty: Black Ops, que mostrava uma trama acontecendo durante a Guerra Fria.

Mas com o anúncio oficial de Call of Duty: Black Ops 2… Sério que vão abandonar o passado de vez e partir pro futuro?