Por: | 8 anos atrás

 

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou, nesta quarta-feira, as mudanças nas regras da Copa Libertadores, válidas a partir da próxima edição. Com as novas diretrizes, apenas os três primeiros colocados do Campeonato Brasileiro ganharão vaga para a edição 2011 do torneio continental, deixando assim o quarto melhor classificado fora até da fase preliminar da competição.

Isso acontece porque, agora, o vencedor da Libertadores acaba “roubando” uma das vagas fixas que é destinada ao seu país. Para a próxima edição, como o Internacional é o atual campeão, o time gaúcho acabou diminuindo o número de vagas distribuídas no Campeonato Brasileiro.

Dessa forma, se o Campeonato Brasileiro acabasse hoje, estariam classificados para a próxima edição da Copa Libertadores o Internacional (atual campeão do torneio continental), Corinthians (1º colocado), Fluminense (2º colocado), Cruzeiro (3º colocado) e o Santos (campeão da Copa do Brasil), totalizando assim as cinco vagas que o Brasil tem direito.

Além das cinco vagas garantidas para o Brasil, a Conmebol também instituiu que a Argentina terá o mesmo número, enquanto Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e México terão três cada.

A entidade que comanda o futebol no continente também confirmou que o campeão da Copa Sul-Americana irá se classificar automaticamente para a edição seguinte da Libertadores. Neste caso, o país vencedor ganhará uma vaga extra. Por exemplo, caso Atlético-MG, Avaí, Goiás ou Palmeiras, que ainda estão na disputa da Copa Sul-Americana, vençam o torneio, o Brasil teria seis vagas na Copa Libertadores de 2011.

Via UOL.