Por: Gabrielle Figueiredo | 3 anos atrás

O aniversário da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama) é comemorado nesta quinta-feira, dia 1º, mas a programação comemorativa segue por quase todo o mês de outubro.

O programa conta com palestras, limpeza de rios, blitz ecológica, exposições, distribuição de mudas, repovoamento de peixes, adensamento de vegetação, além de exposição de trabalhos e projetos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

De acordo com o presidente da instituição, Leocádio Neves e Silva, a Fujama desempenha um papel único na coordenação de ações de desenvolvimento sustentável de Jaraguá do Sul. “A Fujama é reconhecida em todo o Estado com uma das melhores fundações de meio ambiente. Prova disso é que recebemos, rotineiramente, a visita de representantes de outros municípios que aqui buscam experiências e projetos ambientais”, pondera.

Os trabalhos iniciam na sexta-feira, dia 2, com uma palestra sobre a importância da mata ciliar para os moradores do Conjunto Habitacional Silvana Cleide Martins e encerra no dia 26, com fechamento da exposição de trabalhos das escolas Jonas Alves de Souza, Waldemar Schmitz e Alberto Bauer, no Museu Histórico Emílio da Silva.

No sábado, dia 3, associação de moradores, integrantes do Comitê da Bacia do Rio Itapocu, Defesa Civil, Samae e Clube de Escoteiros 14 bis promovem limpeza de pontos do Ribeirão Molha, da Barra do Rio Cerro e do Rio Jaraguá.

A Fujama também estará presente no Sábado Legal, dia 10, das 8 às 12 horas, na Praça Ângelo Piazera, com entrega de mudas, material educativo e do saco ecológico Sacolix, utilizado no programa Recicla Jaraguá.
Estudantes das escolas Antônio Estanislau Ayroso explanarão sobre o uso da casca de banana para a produção de balas e sobre a produção e avaliação de sabonete repelente de maruim, entre outros projetos.

Nos dias 14 e 16 as escolas Ribeirão Molha e Machado de Assis, além da Antônio Ayroso, assistem palestra sobre rios, alevinos e mata ciliar. No dia 17 ocorre repovoamento de peixes no Rio Cerro, no Jaraguá 99, Itapocuzinho e Rio Molha, além de adensamento de vegetação da Área de Preservação Permanente (APP) desta última localidade. A mesma atividade está programada para o dia 22, nos fundos das escolas Ribeirão Molha e Gertrudes Milbratz.

Confira a programação:

Figura