Por: André Marques | 3 anos atrás

racismo

Patrícia Moreira é o nome da figura, ela foi pega em flagrante pelo telão do estádio durante o jogo Santos x Grêmio, na última quinta-feira, dia 28, enquanto cometia um ato racista.

Todo mundo foi lá pra ver o jogo mas, de bônus, foram “presenteados” com imagens de uma menina chamando o goleiro santista de macaco. Que cena linda, não é?

aranha

Confira o pronunciamento do goleiro Aranha:

“O fato de ter uma campanha contra o racismo no telão da outra vez não é à toa. A torcida xingar e pegar no pé é normal. Mas daí começaram a falar ‘preto fedido’, ‘cambada de preto’, fiquei nervoso, mas fiquei me segurando. Fizeram rápido e pouco um coro de macaco, para não dar tempo de pegar. Pedi para o câmera virar e mostrar, mas ele não fez isso. Fico p.. com essas coisas acontecerem aqui. Mas isso dói, dói. Não é possível. Vem falar que eu estava insultando a torcida, virei e falei que eu era preto sim, negão”

As informações são de que a menina já foi afastada de todas as suas atividades, exercidas no Centro Odontológico da Brigada Militar.

O jogo terminou em 2 a 0 para o time santista, mas a atração principal, lamentavelmente, não foi o futebol.

Veja o que aconteceu:

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=BpPA_1CmwR4″]

O Grêmio se desculpou publicamento pelo ocorrido, leia na íntegra:

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense lamenta e repudia o ato de racismo ocorrido na noite desta quinta-feira, durante partida realizada pela Copa do Brasil, na Arena do Grêmio. O Clube se solidariza com o atleta Aranha e com seu clube, Santos, ressaltando que atos como esse são fruto de atitudes individuais e isoladas, que em nada representam a grandiosidade e o respeito da torcida gremista.

Informamos que o Departamento Jurídico do Clube, em conjunto com a administração da Arena, já está tomando todas as medidas possíveis para que os envolvidos neste episódio sejam identificados e para que os materiais disponíveis sejam enviados às autoridades policiais, a fim de tomarem as providências cabíveis no âmbito criminal.

No que se refere às ações administrativas, caso os responsáveis identificados sejam sócios do clube, estes serão imediatamente suspensos do Quadro Social e proibidos de ingressar no estádio.

Reiteramos que o Grêmio tem sido um incentivador de iniciativas que visam coibir esse tipo de crime e que continuará alerta e atuante na luta contra a discriminação racial.

Acredito que agora ela vai pensar duas vezes antes de repetir a façanha.

Via ESPN, Vírgula UOL