Por: Misael Freitas | 1 ano atrás

A 67ª edição do Festival de Cinema de Berlim, que começou na última quinta-feira, 09, e vai até o dia  19 de fevereiro, conta com a participação de 12 filmes brasileiros. A produção “Joaquim”, de Marcelo Gomes, que narra a história de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, representa o Brasil na principal competição pelo Urso de Ouro.

A coprodução luso-brasileira é ambientada no século XVIII e conta as experiências de Tiradentes, a figura histórica mais importante da inconfidência mineira. O longa foi um dos vencedores do edital de coprodução Brasil-Portugal em 2014, promovido pela Agência Nacional do Cinema, Ancine, em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal, e também contou com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.

O Festival de Cinema de Berlim é um dos acontecimentos mais importantes do calendário cinematográfico internacional. O cinema brasileiro já venceu o Urso de Ouro no Festival de Berlim em duas ocasiões: em 1998, com “Central do Brasil“, de Walter Salles, e em 2008, com “Tropa de Elite“, de José Padilha.

Veja outros filmes brasileiros que participam do Festival de Cinema de Berlim:

Mostra Panorama

  • “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky;
  • “Pendular”, de Julia Murat;
  • “Vazante”, de Daniela Thomas.

Mostra Panorama Dokumente

  • “No intenso agora”, de João Moreira Salles;
  • “Vênus – Filó, a fadinha lésbica”, de Sávio Leite.

Mostra Generation

  • “Não devore meu coração”, de Felipe Bragança;
  • “Mulher do pai”, de Cristiane Oliveira;
  • “As duas Irenes”, de Fabio Meira;
  • “Em busca da terra sem males”, de Anna Azevedo.

Mostra Forum

  • “Rifle, de diretor Davi Prett.

Seção de curtas

  • “Estás vendo coisas”, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

Berlinale Co-Production Market

  • “Obreiro”, de Gabriel Mascaro;
  • “Paloma”, de Marcelo Gomes.

Fonte: Portal Brasil