Por: Ricardo Daniel Treis | 13/07/2010

Em 13 de julho de 1985, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres na Inglaterra  e na Filadélfia nos Estados Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia  e contou com a presença de artistas como The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, U2, Paul McCartney, Phil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.

Foi transimtido ao vivo pela BBC para diversos países e abriu os olhos do mundo para a miséria no continente africano. 20 anos depois, em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8 como uma nova edição, com estrutura maior e shows em mais países com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres erradicar a miséria do mundo.

Desde então o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.

Wikipédia


Do rock tenho minhas referências, como as bandas que mais marcaram presença ou influenciaram meu caráter. Porém, falando-se em simbolismos, acho que vale puxar aqui uma: QUAL FOI O PRIMEIRO CD DE ROCK QUE VOCÊ OUVIU?

Sou da geração toca-fita. Quando tive meu primeiro CD player, lembro com precisão, estreei ele com PANTERA. Mais precisamente o álbum “Vulgar Display of Power”. Dá-lhe metal:

E não me envergonho, momento de experimentações, naquele dia sei que também ouví Spin Doctors, com seu hitzinho “Two Princess”:

Depois veio Lemonheads e Aerosmith (esse último era um CD meu, os outros foram emprestados do Pingua).