Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Assisti a obra ontem, e comentários à parte o quanto a sessão me deixou agoniado, o filme tem uma sequência de abertura fantástica com pinturas de cenários noturnos de Londres. Logo de cara havia dado o pause pra buscar a pipoca, e quando voltei percebi que poderia deixar o resto do ano a tela inicial do filme ali, parada, como fosse quadro na parede.

Tirei prints de alguns dos frames pra compartilhar com vocês, seguem abaixo em alta para aproveitarem como preferirem. Cliquem para ampliar, estão em ótima resolução.

Quanto ao filme, eis o trailer:

[youtube_sc url=”http://youtu.be/GAe5c1t8iuc” width=”640″ autohide=”1″]

Minha recomendação: assista sozinho. Você pode até gostar, mas ver em galera não rola.