Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Estava buscando uma imagem  para ilustrar o post anterior, e na busca por “Praça Ângelo Piazera” acabei encontrando duas cenas de acentuado contraste no rol do Google:

Dia de show VS Decadência, todo mundo aí já sabe quem ganhou essa briga, não? Fato é que as imagens me lembraram um belo post de 2011 que trazia promessa de dias mais floridos. Deixa eu resgatar a notícia pra verem como era bonita a premissa:

Com a cobertura bastante danificada por causa dos últimos temporais em Jaraguá do Sul, o palco da praça Ângelo Piazera está com os dias contados. Pelo menos é o que garante o presidente da Fundação Cultural do município, Jorge Luis da Silva. ‘Em em 15 dias, aquela estrutura deverá ser retirada do local. No lugar, iremos construir uma estrutura menor, parecida a uma concha acústica, e moderna, conforme prevê a proposta de revitalização da praça‘, informou o presidente.

Segundo ele, o anteprojeto da revitalização está pronto. ‘A próxima fase será a elaboração do projeto mais detalhado da obra’, destacou Silva.

Um grupo de dez arquitetos, denominado Boa Praça, é o responsável por este trabalho. ‘O projeto custará R$ 57 mil. Já o valor da obra só poderá ser estimado pelas empresas que irão executar a obra’, destacou o arquiteto Everton Bittencourt, que faz parte do Boa Praça.

Segundo ele, a proposta de revitalização prevê espaços chamados esplanadas para manifestações culturais e a Feira do Livro, além do palco, que, segundo o arquiteto, será bem menor do que o atual. ‘Será para espetáculos menores, mais intimistas, do tipo um banquinho ou violão, apresentações teatrais, entre outras que não exijam tanto espaço’, explicou.

Quedê? Que deu? Como local de lazer, a Praça Ângelo Piazera segue como um belo pátio para estacionamento – rotativo, ainda por cima.