Por: Ariston Sal Junior | 28/05/2014
Foto Eduardo Montecino/OCP

Foto Eduardo Montecino/OCP

Quem tem que atravessar ruas movimentadas todos os dias, como a estudante Gabrieli Corrêa, 16, está feliz com a instalação de novas faixas elevadas por diversos bairros do município. Ela diz que agora é muito mais seguro atravessar a Rua Epitácio Pessoa para chegar à Escola Abdon Batista, pois os carros são obrigados a reduzir a velocidade.

“Chegávamos a ficar dez minutos esperando para atravessar a rua até finalmente algum carro resolver parar”, conta. “Isto diminui os riscos de atropelamentos e aumenta a nossa segurança.”

Para a zeladora Rute Olbrich, 47, muitos motoristas ainda não respeitam as sinalizações e muito menos as faixas elevadas. Ela defende que deve ser feita a conscientização de quem está atrás dos volantes. “Não são todos que respeitam, muitas vezes tenho que sair correndo para chegar ao outro lado”, aponta. As obras de instalação das faixas elevadas começaram no início deste ano e foram finalizadas na metade de maio. Com o intuito de aumentar a segurança no trânsito – principalmente dos pedestres, próximo a postos de saúde e em frente às escolas –, as secretarias de Obras e de Urbanismo realizaram uma parceria para instalar 18 novas faixas elevadas pela cidade. Agora Jaraguá do Sul conta com 44 instalações ao total.

Segundo o secretário de Urbanismo, Ronis Bosse, as faixas têm um papel fundamental na segurança do pedestre, propiciando a travessia das vias de uma maneira mais segura e confortável e, principalmente, para pessoas portadoras de necessidades especiais e idosas. “Além disso, os veículos agora podem passar por cima das faixas de uma maneira mais suave, sem o impacto que existia nas lombadas físicas, que eram muito curtas e altas.”

Como deliberado pelo Conselho da Cidade, a prioridade da Prefeitura é atender primeiramente unidades de ensino e saúde. Cada faixa custa em torno de R$ 4,3 mil, e foram investidos mais de R$ 77 mil, com recursos próprios.

O secretário conta que uma nova licitação será aberta nos próximos dias, mas desta vez a empresa vencedora ficará responsável pelo material asfáltico e pela mão de obra. Serão licitadas mais 21 novas faixas, no valor de R$ 133,333 mil. Ainda não há previsão de quando iniciarão as instalações. As obras serão pagas com recursos recebidos pelo município, através de emenda parlamentar.

ONDE ESTÃO AS FAIXAS

Santa Luzia: 4
Rio Molha: 3
Nereu Ramos: 2
Rio da Luz: 1
Ilha da Figueira: 1
Nova Brasília: 1
Francisco de Paulo: 1
Garibaldi: 1
Santo Antônio: 1
Vila Lalau: 1
Vieira: 1
Centro: 1

 

Via OCP