Por: João Marcos | 4 anos atrás

Na semana passada lancei por aqui uma dica de roteiro para um dia de passeio em Jaraguá do Sul (clique aqui, caso não tenha visto). Como havia prometido roteiros das cidades vizinhas, e como sou bom guaramirense, escolhi então a terrinha pra entrar por primeiro… E pra quem diz que Guaramirim não tem nada, o que eu posso dizer é o seguinte: CHORA NENÉM!

AQUI TEM SIM, e o roteiro é lindáço pelo interior da cidade, com paisagens e aventuras esperando visita. Óia só:

Santuário Rã Bugio: taí um lugar foda da região que não vejo receber o valor merecido. Lembro que da última vez que fui eu ainda era moleque, e estudava na 6ª série do Ensino Fundamental do Lauro Zimmermann. Foi demais!

1363368126_phyllomedusa-na-mao

O trabalho do instituto é fantástico, e tem como um dos principais objetivos promover a educação ambiental para as crianças do município e da região… Vou te dizer que escrevendo isso aqui, mesmo depois de adulto, tô doido pra ir lá. O santuário oferece lagoas para observação das espécies de anfíbios (especialmente rãs), orquidário e trilhas na mata.

visita de alunos11

O trampo do Rã Bugio já foi pauta até no Jornal Nacional. O instituto fica a 10km do centro da cidade, na estrada Rio da Prata, no bairro Caixa D’água. Visita mais do que recomendada, mas vale lembrar que ela precisa ser agendada antes e o contato pode ser feito através do email germano@ra-bugio.org.br.

Ponte Pênsil do Guamiranga: essa eu cheguei de bike uma vez (não me perguntem como), mas faz um tempão. A ponte é animal, é literalmente um teste pra quem tem medo de altura.

????????

Legal mesmo é a história, já que a ponte foi construída em 1958 e possui 120m de extensão – e é isso que deixa a travessia ainda mais emocionante. A vista do Rio Itapocú de lá é demais.

A Ponte liga a Estrada Bananal até a comunidade de São Miguel, município de Araquari. Então é recomendado que faça o passeio pela manhã (talvez até antes de ir no Rã-Bugio).
—–

Passeio e almoço no Pesque-Pague Recanto das Pedras: o lugar é demais e o rango finíssimo. Fica a poucos minutos do centro e, além do cardápio variado (que vai de tilápia a salmão), ainda conta com um espaço gigante de lazer e algumas lagoas para a galera se divertir e relaxar.

1409765698_foto--15-

Pra quem não é tão fã de peixe e quer ir só pra aproveitar o espaço, carnes especiais, chapeados e diversos outros acompanhamentos fazem parte do menu.

?????????????

O pesque-pague fica na rua Afonso Ruon, no bairro Beira Rio. Mais infos e reservas pelo 3376-3604 ou na fanpage deles.
—–

Visita ao Morro da Santa e Igreja Matriz no centro: pra fazer a digestão depois de comer demais (sim, porque você vai comer demais, é muita delícia pra pouco estômago), uma visitinha ao Morro da Santa e a Igreja Matriz que ficam no centro da cidade são recomendadas.

No caso do Morro, você tem duas alternativas: ou sobe os 230 degraus da escadaria (hehe) ou vai de carro mesmo. A estrada de acesso fica logo atrás do Hospital Santo Antônio. A vista lá de cima é de tirar o fôlego, e o lugar é um sossego só, bom pra uma reflexão.

Complexo-do-Morro-da-Santa

 

Depois, logo na descida do morro, quando chegar ao sinaleiro, vire a direita. Você dará de cara com uma das construções mais lindas da cidade: a igreja matriz da Paróquia Senhor Bom Jesus.

27700966

Depois de alguns momentos por lá você pode aproveitar o tempo seguinte para visitar o Centro da cidade… Pode dar uma passeada pelas lojas e, se não estiver com preguiça, alongar o passo até a Estação Rodoferroviária (outro ponto turístico simpático dessa cidadezinha lindja).

guaramirim9981

—–

Parque aquático Recanto dos Lagos: fica lá no Bairro Jacu-Açu (bairro esse que vai ganhar um roteiro só dele nos próximos dias), a cerca de 9km do centro da cidade, sentido Blumenau.

Meu chapéu!

Meu chapéu!

A infraestrutura é composta por uma área de 25.000m2, possuindo área de alimentação com serviços de bar, restaurante e lanchonete. Conta ainda com piscinas de 750m2 com tobogã de 22m, com 650m2, com 300m2 e piscina infantil com dois tobogãs.

No espaço ainda tem quadra de vôlei, futebol suíço, cancha de bocha, mesas de snooker, quiosques com churrasqueiras, estacionamento arborizado para carros e ônibus e lagoas para pesca.

Ou seja, ideal para passar o dia todo. Mas quem quiser ficar só durante a tarde, é uma boa pra não deixar de conhecer os outros lugares da cidade.
—–

Pra terminar o dia – caso ainda tenha fôlego – minha recomendação seria a visita a um dos points mais tradicionais da cidade, o Restaurante e Pizzaria Master, ou então lá no Buteco do Fogão (que inclusive já citei nesse post aqui).

Daê, partiu? Quem aí conhece TODOS esses pontos pra continuar dizendo que não tem nada pra fazer na cidade, hein?