Por: Ricardo Daniel Treis | 30/11/2010

Quando moleque assistia, mas depois fui descobrindo o que é interpretação de verdade, e hoje quando vejo essas nossas soap-box operas chega a me dar uma coceira no cérebro. Os diálogos artificiais, as colocações forçadas e a interpretação plástica são demais de algo que eu consiga aturar sem fazer cara de nojo. 

Quanto essa que está rodando aí, a tal Passione, não faço idéia do que se trata, mas como tem meia web malhando pau hoje, publico o post (claro, pelo gostin de contentação). É gratuito, já que sou hater. Se quiserem contrariar a crítica, já aviso, vão lá no Goma de Mascar. Segue:

O segredo de Gerson em PASSIONE – pior cena da teledramaturgia atual?
Resposta: provavelmente sim. Marcello Antony [#gerson] over-atuando pra dizer ao psicoterapeuta Flavio Gikovate [as himself] que gosta de ver sexo sujo, do cheiro de banheiros gays, de putas gordas e que se encontrou nos sites pornôs foi o WTF da semana – e ainda estamos na segunda-feira. Parabéns, Silvio de Abreu, como marketeiro de novela foi nota 10. 

Nossa, que coisa dolorosa… Dá pra gelar uma cerva em cima da TV com uma atuação dessa. O contexto, nem se fala. 

Teve traficante lá no Alemão atirando de metralhadora nas LCD que tinham, acho que o motivo tá explicado.