Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

Cansada da superlotação no ônibus das 22h20 da linha Santa Luzia Via Schroeder, a estudante do Senai de Jaraguá do Sul, Hellen Braun, 18 anos, organiza um abaixo-assinado pedindo a implantação de mais uma linha para os moradores do bairro Santa Luzia no horário noturno. “Ele sai às 22h20 da Católica, pega os alunos do Campus Geraldo Werninghaus, do IF-SC, aí vai para o terminal, e pega mais alunos do Abdon Batista e outras pessoas que trabalham até esse horário”, conta a estudante. O próximo ônibus, que vai para o Santa Luzia, é a linha via São João, que passa somente às 23h20.

Além de pegar o ônibus cheio, os moradores do bairro jaraguaense precisam pagar pela tarifa intermunicipal, de R$ 3,55, já que a linha passa por Schroeder. “E agora a ponte que liga Santa Luzia à Schroeder está interditada, aí é preciso fazer uma volta gigantesca para chegarmos ao bairro”, relata. Hellen chega em casa por volta da meia-noite.

A estudante já enviou uma cópia do abaixo-assinado para a Prefeitura e para a empresa concessionária do transporte coletivo, Viação Canarinho. O gerente operacional da empresa, Rubens Missfeld, recebeu o e-mail da estudante com o documento anexado. Segundo ele, cabe à Prefeitura a autorização para a implantação de novas linhas. A partir dessa orientação, a concessionária amplia o serviço solicitado.

O prefeito Dieter Janssen ainda não havia recebido o documento, mas garantiu que vai definir novas linhas para o ônibus. “Nós vamos ordenar à empresa que amplie o número de linhas, não só essa, mas outras também. Estamos fazendo um estudo amplo de todo o serviço e verificando as necessidades dos usuários”, declarou.


Via OCP Online