Por: Max Pires | 8 anos atrás

Prometido para sair no começo de maio, o edital para a contratação de empresa que administrará o estacionamento rotativo em Jaraguá do Sul deve sair somente nas próximas semanas. O objetivo é contratar uma empresa com experiência e que fique responsável pela gestão dos parquímetros e dos monitores que devem atender nas ruas. A ideia é instalar 75 parquímetros em 25 ruas e também na praça Ângelo Piazera.

A Codejas, que participa desde o começo do processo e foi anunciada como empresa gestora do sistema, não poderá participar porque o setor jurídico da Prefeitura constatou que era preciso fazer uma licitação e pedir dois anos de experiência para a interessada. Este teria sido um dos estopins que deu origem ao pedido de saída de Adolar Jark.

Contando com este serviço, no começo do ano, a Cedejas fez concurso oferecendo 26 vagas para monitores de trânsito. Sobre esta questão, Jark prefere não falar. “Antes, iríamos prestar o serviço, agora, não. Não sou eu quem tem de dizer o que será feito com as pessoas que passaram.”

O procurador Mário Sérgio Peixer Filho, disse que o edital deve ser lançado nas próximas semanas, mas que não tinha como dar mais detalhes sobre o assunto porque estava fora da cidade na semana passada e precisaria se inteirar sobre o assunto. Ele pediu para entrar em contato à tarde, mas não atendeu ao celular e não estava em sua sala na Prefeitura.

Via AN Jaraguá.