Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

63 (1)

A médica do exército americano Angie McDonall acredita que ela e todos os seus companheiros militares teriam sido mortos se não fosse pelo cão militar heróico chamado Vidar, que farejou um esconderijo de armas no Talibã. Anos mais tarde, o cão iria ser “aposentado” do Exército. Angie sentiu que a vida de seu amiguinho estava em perigo, uma vez que sacrificar e aposentar são sinônimos na vida dos cães.

Quando eles se encontraram pela primeira vez, imediatamente sentiram uma conexão e se tornaram melhores amigos. O cão tinha permanecido no Afeganistão, onde desenvolveu doenças que impediam sua visão (e o tornavam “inútil” no campo de batalha).

54

“Quando eu soube que ele ia ser sacrificado, depois de sentir muito medo… Eu sabia que teria que salvá-lo” – disse Angie, que resgatou o cão Vidar.

Agora sim ele está curtindo a aposentadoria! (:

24Fonte: One Green Planet