Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás

Encuentra-Primark-Obligados-trabajar-exhaustos_CLAIMA20140624_0166_27 (1)

Rebecca Gallagher congelou ao ler as instruções de lavagem na etiqueta de um vestido novo que tinha comprado em uma loja de descontos. Tudo o que havia escrito na etiqueta era um grito de socorro: “Forçada a trabalhar por horas exaustantes”. A mulher de 25 anos jurou a si mesma que nunca mais voltaria a usar o vestido, sabendo que ele havia sido confeccionado em uma fábrica clandestina de peças de vestuário.

“Honestamente, eu nunca pensei muito sobre como as nossas roupas são feitas. Mas isso realmente me fez pensar sobre como obter roupas baratas. Eu não tenho nenhuma ideia de quem colocou a etiqueta lá…”, disse a jovem, mãe de um bebê três anos.

Os responsáveis da loja onde ela comprou o vestido na Inglaterra pediram para que ela devolvesse a peça para que pudessem investigar o caso.

Fonte: Clarín (Argentina)