Por: Tita Pretti | 3 anos atrás

O especial Casas noturnas é um oferecimento:

Captura de Tela 2014-09-22 às 23.58.53

Image Map

Produção:

Captura de Tela 2014-09-05 às 15.37.20

 

 

 

Há exatos 7 anos (!!!), rolava a última festa da Combat com os DJs Martin Lamelas e Puff, fechando com chave de ouro os três anos de funcionamento de uma das casas noturnas que mais deixou saudade em Jaraguá do Sul…

Lembro que na época, quando a construção começava a ser demolida, a galera ficava se perguntando: “E agora? Onde vai rolar o agito?”

Tic Tac Megamodels a primeira balada com a marca Combat em Jaraguá

Tic Tac Megamodels a primeira balada com a marca Combat em Jaraguá

O sentimento de melancolia não era pra menos, já que foi ali que muita gente curtiu com shows nacionais (teve Reação em Cadeia, Armandinho, Inimigos da HP…o do Capital Inicial, por exemplo, foi épico!), DJs internacionais de vários países (Argentina, Inglaterra, Alemanha, Estados Unidos, pra citar alguns), festas com efeitos especiais (até então exclusivos aqui na cidade) e performances. Grandes marcas como Colcci e Triton também promoveram altas festas por lá.

A vibe da casa com certeza era um diferencial, por isso todas as festas eram concorridíssimas (os camarotes então, nem se fala! conheço gente que era capaz de matar pra ganhar uma fitinha)…

A estrutura também “matava a pau”: tinha a pista principal para 2.500 pessoas, o famoso inferninho, a área externa ligada por uma ponte (a azaração rolava solta por lá) e o bar externo. Ah, e o próprio estacionamento garantia o “esquenta” da galera! Cada carro que parava por lá tinha músicas diferentes, mas entrando na balada, todas as tribos se misturavam: rolava muuuuito house music de primeira qualidade, hip hop, pagode, reggae e vários outros estilos.

Captura de Tela 2015-02-23 às 12.45.03

Primeiro evento da Combat na estrutura da Hari Om

Todos as festas, as risadas, os beijos e as histórias que rolaram por lá com certeza vão ficar pra sempre na memória da noite jaraguaense…

A “cabeça” por trás disso tudo era o empresário Chico Piermann, que contou para o Max Pires um pouco da história de sucesso da Combat. Com vocês, mais um vídeo do Conversa Por Acaso:

O Conversa Por Acaso é um bate-papo informal e sempre vai apresentar alguém que tenha uma história bacana de, em e sobre Jaraguá do Sul e suas particularidades, suas histórias, seus personagens, seus atrativos. Se você curtiu, não esqueça de assinar nosso canal, dar um joinha no vídeo e compartilhar com seus amigos.

A nostalgia não para por aqui! Saiba mais sobre a história da noite jaraguaense nesses links relacionados:

– Estreia Conversa Por Acaso – com Paulico da Silva
– Você lembra do passado das casas noturnas de Jaraguá do Sul
– Especial Cæsar’s e Notre
– Especial Café Confusão