Por: Deivis Chiodini | 5 anos atrás

Fomos longe dessa vez e entrevistamos uma das estrelas do evento do dia 18 de maio. O californiano Luke Rockhold, que enfrentará Vitor Belfort na luta principal do UFC no Combate 2 – Jaraguá do Sul. Ex-campeão do Strikeforce, e vindo de uma sequência de 9 vitórias, Luke é sem dúvida um dos mais cotados a disputar o cinturão com o brasileiro Anderson Silva em breve.
Extremamente simples e de fácil acesso, o americano concedeu essa entrevista pro Por Acaso, nos contando a sua expectativa pra luta.

PA: Luke, você vai enfrentar Vitor Belfort, uma lenda do MMA, lutando em seu país. Você acha que uma contundente vitória o coloca como o próximo desafiante ao cinturão, contra o vencedor da luta entre Anderson Silva e Chris Weidman?
LR: Vitor é uma lenda e eu respeito o que ele já fez, mas eu não estou interessado nisso na hora de lutar, eu estou focado no que está por vir para mim. Bater Vitor deve colocar-me no topo da divisão, isso se eu não ganhar um title shot imediato. Lutar no Brasil só vai tornar muito mais doce a sensação, eu recebo umas férias livres e e ainda sou pago para lutar.

PA: O Vitor tem um dos melhores poder de nocaute do MMA, mas você é mais alto do que ele. Você vai tentar manter ele a distância, cansando-o nos primeiros, diminuindo sua força e seu gás para apertar nos últimos? Ou você quer uma luta mais aberta desde o início?
LR: Vou ditar o ritmo da luta desde o início. Vitor começa forte e eu gostaria de vencê-lo mesmo onde ele é mais forte, vencendo dentro dos dois rounds iniciais.

PA: A torcida brasileira é geralmente a mais intensa no MMA. Esta preparado para uma arena cheia torcendo contra você e empurrando um dos heróis do país no esporte? Você já ouviu o famoso grito dos fãs brasileiros para os adversários? O famoso “Uh vai morrer”?
LR: Os fãs brasileiros são os mais apaixonados que eu já vi. Não estou pensando em absorver nada que venha de fora do cage, seja energia positiva ou negativa. Eu não falo português, então podem cantar tudo o que quiserem, não vai mudar o resultado da luta.

PA: Luke, quais são os seus atletas favoritos de todos os tempos no MMA? O que mais você gosta deles, e o que você tenta assimilar deles em seus treinos e lutas?
LR: Crescendo como um fã de MMA eu gostava de assistir muitos lutadores. Fedor, Dan Henderson, Anderson Silva, José Aldo, Cro Cop, Chuck Liddell, Randy Couture e mesmo Vitor . Eu sempre tentei imitar esses lutadores de alguma forma. Se eu vejo algo que eu gosto, eu tento no treino, mas nem sempre é possível repetir, são corpos diferentes, técnicas, etc. Principalmente eu tento fazer o meu próprio estilo e ouvir o meu corpo.

PA: Luke, deixe uma mensagem para os fãs de Jaraguá do Sul que estão na espera para a chegada do UFC.
LR: Ei pessoal, mal posso esperar para voltar para Jaraguá, para fazermos um show incrível para os fãs brasileiros. Vejo vocês em breve!

Rafael dos Anjos e John Lineker também responderam algumas de nossas questões e você confere clicando aqui, e aqui.