Por: João Marcos | 26/08/2015

Depois e também antes do sucesso anual de The Walking Dead (já que a próxima temporada tá pra ser lançada agora em outubro), obviamente a AMC não poderia deixar de continuar explorando os zumbis fazedores de grana pois, se até Game of Thrones deu jeito de inserir os caras no meio de uma história medieval, porque não criar mais uma série falando deles, né não? ¯\_(ツ)_/¯

fear-the-walking-dead-amc

Pois bem, então eles chegam com essa Fear The Walking Dead que, eu juro que achava ser boataria no início mas não, ela chegou! E mesmo sem muito empolgar no primeiro episódio, provavelmente eu vou assistir até o fim dessa primeira série (que terá 6 episódios).

Valá que o protagonista não é nenhum Rick Grimmes, mas o Nick (Nick, Rick… Agora que me liguei) tem lá seu carisma. Saiu um promo com a primeira cena da série, então vou deixar aqui pra quem não viu:

Bom como puderam ver, aquele enredo que já conhecemos e vimos bilhões de vezes está de volta:

– O cara acorda e não sabe o que tá acontecendo,
– Os policiais atiram num zumbi que continua avançando,
– Um vídeo de celular vaza na internet e a população fica cabreira,
– Galera tenta ajudar um zumbi achando que é uma pessoa machucada e tomam mordida,
– Todo mundo ainda achando que é gripe.

No meio de tudo isso, quem ganha destaque é essa família aqui:

ftwd2

 

Nick (aquele maltrapilho a sua direita), sua mãe que é professora, sua irmã delícia super dotada entediada com a vida de adolescente e o seu padrasto que também tem problemas com a ex-mulher e seu filho problemático… Ou seja, o núcleo de Casos de Família americano.

Confesso que fiquei meio decepcionado com o que vi, mas eu sou um verme e como disse anteriormente, com toda certeza vou ver isso aí até o fim. Afinal, o que seria da nossa vida sem esses momentos de procrastinação, né?

50652-weave-connoisseur-mG7o

FTWD ainda não mostrou a que veio, to pilhadão mesmo é pra ver quando essa série aí vai se interligar com a legal (hehe) e influenciar no que aconteceu na vida do Rick, pois vale lembrar que ela se passa antes dos acontecimentos de The Walking Dead, e em Los Angeles (não na selva de Atlanta).

Então minha conclusão é:

Se você é fã de zumbis e assiste qualquer coisa sobre o tema: vai conseguir assistir a série.

Agora se prefere algo mais movimentado onde o sangue escorre na tela, e nos becos escuros explode a violência: vai se decepcionar.

Mais ou menos isso:

Maaaaaaaaaaaaas pra quem acha que a estreia pode ter sido um desastre eu digo que estão bem equivocados, ok? O primeio episódio conquistou o posto de maior estreia de uma série na história da TV por assinatura dos Estados Unidos.

O programa atingiu 10,1 milhões de telespectadores em seu primeiro dia. O número altíssimo é quase o dobro da marca registrada por The Walking Dead: 5.35 milhões na sua estreia em 2010.

A série que liderava a lista era Better Call Saul, um spin-off de Breaking Bad, atingindo na sua estreia 6.88 milhões de espectadores.

Better_89c825_5449214

Chora neném.