Por: Ricardo Daniel Treis | 27/01/2014

Segue texto publicado na última sexta-feira por Patrícia Moraes em sua coluna Plenário, jornal O Correio do Povo:

rincosCumprindo com a palavra e antes mesmo do reinício das sessões ordinárias, o novo presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, Arlindo Rincos (PP), comemora o sucesso da renegociação do contrato entre a Casa e a empresa Primer, responsável por gerar e transmitir conteúdo para TV Câmara, através da TV a cabo e internet. Dos R$ 420 mil previstos para este ano de gastos com o serviço, o montante caiu para R$ 170 mil. Uma economia de quase 60%. São R$ 250 mil que vão deixar de sair dos cofres públicos. Desde que foi eleito para presidir o Legislativo, Rincos tinha o objetivo de rever o contrato, mas o acordo para o novo aditivo foi assinado na tarde de ontem (quinta-feira, 23 de janeiro). “Com bom senso, dá para usar melhor o dinheiro, em benefício do contribuinte”, disse o pepista ao sair da reunião. Pelo novo contrato, os funcionários da empresa terceirizada ficarão disponíveis nas terças e quintas-feiras, dias que acontecem as sessões, e não mais a semana inteira como vinha acontecendo. O limite, que podia variar conforme a demana, agora ficou estabelecido em oitos horas de transmissão semanal. O próximo passo de Rincos será a renegociação do contrato com a agência de publicidade, que soma outros R$ 400 mil ao ano. Rincos vem dando pisas de que pretende marcar seu mandato com medidas moralizadoras e populares. Só vai ter que ter cuidado com a tradicional ciumeira política.

Pagavam pros caras ficarem sentados à espera das sessões? Que contratação mais à-toa era essa! Maior parte dos vereadores é empresário, tem perspectiva de negócio, como foi permitido até hoje um negócio tão mal executado junto a fornecedor?

Ademais, os R$ 170 mil restantes continuam merecedores de observação crítica. O custo-benefício equivale? Até hoje não foram divulgados os dados de audiência das transmissões via TV a cabo… e a Internet está aí, com centenas de recursos gratuitos à disposição.


Outra do Rincos: 4 de fevereiro será a primeira sessão do ano da Câmara, onde o presidente pode ler projeto com alteração de horário para as mesmas, fazendo com que voltem a acontecer no fim da tarde.