Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Dos quatro pedidos de impugnação de candidaturas que foram registrados nos cartórios eleitorais da região do Vale do Itapocu na quinta e sexta-feira passadas, dias-limite do prazo, dois são de candidatos de Jaraguá do Sul. As solicitações devem ser julgadas pela Justiça Eleitoral até o dia 8 de agosto.

Em Jaraguá do Sul, um pedido tenta impugnar a candidatura da prefeita Cecília Konell (PSD) e outro foi contra o candidato a vereador Eugênio Juraszek (PP). O pedido de impugnação de Cecília foi aberto pelo candidato a vereador Anoar Primo Battisti (PCdoB), que concorre na chapa do candidato Dieter Janssen (PP).

O advogado dela, Altevir Antônio Fogaça Jr., entende que a liminar do Tribunal de Justiça de SC (TJ-SC) que devolveu os direitos políticos à prefeita em junho, tem atualmente mais peso do que a decisão de segundo grau que condenou Cecília à perda dos direitos políticos por três anos, em outubro do ano passado.

Liminar
Com uma liminar expedida em junho, os efeitos da condenação por improbidade administrativa ficam suspensos até o julgamento final da ação, o que ainda não tem data para ocorrer. Cecília é acusada de nomear a irmã, Carmelita Konell, a um cargo gratificado municipal em 2009, sem exercer a função.

O pedido de impugnação contra Eugênio Juraszek (PP) sustenta que o candidato a vereador não teria se filiado ao Partido Progressista até o dia 6 de outubro de 2011, data-limite para concorrer às eleições de 2012. A defesa deve ser entregue hoje.

Via AN.


No final das contas, o povo pode não estar votando em seu candidato, é isso?