Por: André Marques | 4 anos atrás

Não faz muito tempo desde que Vrajamany, o menino que perdeu o braço após brincar mais do que devia com um tigre era ‘febre’ nas redes sociais.

O empresário Nelson Nolé (SP) doou uma prótese para o menino e depois de toda a burocracia envolvendo o ‘novo braço’, como triagem e prova de moldes, o garoto já pensa em dar uma personalizada na peça. A surpresa vem quando Vrajamany diz que quer ‘tatuar’ um tigre no braço novo!

“Ele não sabia o que ia encontrar quando foi até a empresa. O Vrajamany ficou encantado pelos desenhos e muito interessado no conceito das próteses. No começo, ele comentou que queria desenhar uma caveira no braço mecânico. Mas, em casa, ele viu que queria mesmo era ‘tatuar’ um tigre para demonstrar o carinho que tem pelos animais”, disse Nolé.nole1

A prótese indicada para ele será produzida usando fibra de carbono com luvas de silicone. O cotovelo será mecânico mas irá reproduzir movimentos em pêndulo e não influenciará nos movimentos do garoto.

“Esta prótese é necessária para fazer o balanceamento do corpo, que ficou assimétrico após a amputação do braço. Ela tem como objetivo evitar problemas de coluna, não deixar que o ombro dele fique mais alto pela falta do braço e, por fim, ajudar no equilíbrio do corpo”, afirma Nolé.

via G1