Por: Sistema Por Acaso | 5 anos atrás

Olá leitores do Por Acaso, meu nome é Tyara Gaedtke e sou praticante de tightlacing há um ano. Não uma praticante assídua, admito, mas uma grande entusiasta da arte. Sim, pra mim é uma arte. Tão apaixonada por corsets que mantenho o TightLacing Blog para reunir tudo que me inspira e informações sobre a arte.

Atendendo a convite, venho através de uma série de posts aqui no Por Acaso trazer mais informações e curiosidades sobre essa técnica tão antiga e ainda pouco conhecida. Espero mesmo que gostem do assunto e que, quem sabe, alguém se interesse e comece a treinar também.

Primeiro, é bom saber o que é tightlacing, não é? O TightLacing, ou laço apertado, em tradução livre, é o nome dado à técnica de usar o corset por longos períodos com o objetivo de modificar a silhueta e reduzir a cintura. O corset utilizado hoje é uma evolução dos espartilhos usados antigamente e é bem diferente dos corseletes vendidos em lojas de lingerie.

Os corsets para tightlacing são feitos com várias camadas de tecidos resistentes, barbatanas de aço, reforço em áreas específicas e amarrado nas costas. Foram especialmente desenvolvidos para modelar a cintura feminina. Para que a redução da cintura seja efetiva e permanente, com a modificação da localização de órgãos internos e reacomodação das costelas, o corset deve ser bem reforçado, ter as barbatanas de aço e ilhoses bem próximos.

É um fato comprovado que o uso constante do corset sobre a cintura e costelas inferiores acaba por curvar as costelas flutuantes, fazendo que com o tempo a mudança seja definitiva. Para chegar a esse objetivo, o tightlacing deve ser praticado com disciplina e critério, pois o uso exagerado pode trazer diversos problemas de saúde.

Para a escolha do corset alguns cuidados devem ser tomados: ele não deve ser muito alto para não machucar os seios e costelas na hora e sentar; na parte inferior não pode ser muito curto, para que a gordura abdominal não se acumule na parte livre, criando uma barriguinha; deve-se evitar materiais impermeáveis ou que impossibilitem a respiração da pele; e deve ter um diâmetro 10 cm menor que a sua cintura quando fechado.

Aquelas que praticam o tightlacing são chamadas de tightlacers. O tightlacing, além de ser uma prática muito séria, é um estilo de vida. Muitas mulheres chagam a usar o corset de treinamento de 12 a 23 horas por dia, inclusive para dormir.

Há três métodos de praticar tightlacing conhecidos:

Método I: Tem como objetivo diminuir a circunferência da cintura em 10 cm. Mas essa redução nem sempre está baseada na proporção do corpo de cada pessoa.

Método II: Reduzir a cintura para uma proporção de 5/8 para a circunferência do busto. A vantagem desse método é que as medidas são baseadas na proporção do corpo de cada uma, criando assim uma silhueta proporcional. É o método mais usado atualmente.

Método III: Leva em consideração o corpo das pessoas e também sua gordura corporal. É o método preferido pelas mulheres mais cheinhas. Esse método não produz cinturas muito finas, mas cria uma silhueta mais harmoniosa.

É sempre importante estar atenta a possíveis problemas durante o treino. Se sentir dores, desconfortos e falta de ar, deve-se afrouxar o corset ou retirá-lo. Em caso de dúvidas, consulte em médico. Tightlacing é coisa séria! Se alguém se interessou pela prática é sempre indicado procurar uma corsetmaker, que é quem faz os corsets, ou quem já pratica para pedir mais informações. O treino muda nosso corpo e isso sempre deve ser tratado com cuidado e carinho para não criar problemas futuros.

Coincidentemente, ou não, o meu segundo corset de treino chegou ontem pra mim! O meu antigo não serve mais e fica desconfortável para usar o dia todo. Então vou voltar ao meu treino firme e forte. O bom é que vocês vão poder acompanhar todo o meu progresso neste retorno ao treino. Então toda semana vou compartilhar com vocês as minhas medidas e considerações sobre os treinos da semana anterior. Quem sabe assim eu não consigo mais algumas tightlacers aqui na cidade!

Dia 01
Cintura antes do treino: 71cm
Cintura com o corset: 67cm

No post da semana que vem vou explicar pra vocês por que uma cintura fina é atraente para os homens.

Beijos e bom treino!
Tyara