Por: Ariston Sal Junior | 4 anos atrás
Foto Eduardo Montecino/OCP

Foto Eduardo Montecino/OCP

A leitura é uma fonte inesgotável de tesouros do conhecimento. Nas páginas dos livros, crianças, jovens e adultos mergulham em uma viagem do saber. A partir de hoje, Jaraguá do Sul embarca nesta aventura coletiva e vive 11 dias de dedicação à literatura. A Feira do Livro, que será aberta oficialmente às 9h, na Scar, tem programação totalmente gratuita que envolve contação de histórias, poesias e bate-papo com autores.  Apesar de abordar temas variados e públicos distintos, o objetivo do evento é apenas um: instigar o hábito de leitura.

Não é apenas uma feira para que as pessoas comprem livros. Uma das propostas é qualificar as visitas. Mais do que somar público, a organização quer que as pessoas mergulhem no universo literário e se deixem render aos encantos da leitura.  Como bem defende o coordenador geral do evento, Carlos Henrique Schroeder, desde o início, a Feira do Livro tem a proposta de promover um diálogo com todas as áreas culturais e idades. “Queremos que as pessoas aproveitem melhor as atrações. Medimos a feira com a qualidade do que as pessoas absorveram e não quantidade”, afirma.

Nomes de peso se fazem presentes já no primeiro dia de programação. O violeiro Paulo Freire, um dos maiores contadores de história do país, encanta o público infantil com apresentação de ‘Medo Pequeno’, em quatro horários diferentes (confira programação). Mais tarde, às 19h30, é a vez do jornalista Michel Laub bater um papo com o público sobre literatura, rock e bullying. Durante todo dia, os estandes permanecem abertos para visitação e o espaço interno da Scar recebe exibição de curtas-metragens, contação de histórias e declamação de poesias.

Exposição do jornal volta à feira

Lançada na Feira do Livro do ano passado, a exposição “Viajante do Tempo!” do O Correio do Povo, volta a ter espaço nesta edição do evento. Os quatro painéis com anúncios publicados nos primeiros 50 anos do jornal, entre 1919 e 1969, mostram registros que ultrapassam gerações e marcam as mudanças no meio de comunicação. Para o diretor do jornal OCP, Nelson Pereira, a exposição teve uma repercussão positiva no ano passado e houve interesse em mantê-la este ano. “Prezamos pelo resgate da história e temos a vantagem de termos contado a história da cidade ao longo dos 95 anos de existência do jornal. A exposição vem justamente para mostrar a importância de preservar o passado para que possamos entender o que acontece no presente”, enfatiza. O trabalho é resultado de uma pesquisa das historiadoras Silvia Toassi Kita e Ellen Annuseck Bona.  Além da feira, a mostra itinerante já passou por museus, faculdades, escolas e outras instituições.

O Correio do Povo é um antigo apoiador da Feira do Livro. O coordenador geral do evento, Carlos Schroeder, lembra que em 2010, quando o veículo de comunicação entrou como patrocinador da feira, a realização só foi concretizada devido ao incentivo do jornal e da Fundação Cultural. “Estávamos passando por um momento de transformação. Saindo de uma gestão compartilhada com o pessoal de Joinville e entrando em uma gestão totalmente de Jaraguá do Sul e a parceria com o jornal foi muito importante”, destaca.

Programação

• Dias 5, 6, 7 e 9 – das 10h às 11h, das 15h
às 16h – Poesia ao pé da lua/Sesc

 Quinta-feira – dia 5
• 9h – Abertura oficial
• 9h30, 10h15, 14h e 15h – “Medo Pequeno” com Paulo Freire (Campinas/SP). Maratona de Contos do Sesc, no Grande Teatro
• 9h, 10h, 14h, 15h, 16h e 17h – Curta-metragens infantis (Sesc), na Sala Multimídia/SCAR
• 19h – Lançamento do livreto “Aquela quinta” de Adriana Niétzkar (Série EmConto na feira/Design Editora), no Espaço dos Autores do Galpão da Leitura, no estacionamento da Scar.
• 19h30 – Literatura, rock e bullying: bate-papo com Michel Laub.

 Sexta-feira – dia 6

• 9h, 10h, 14h e 15h – “Medo Pequeno” com Paulo Freire (Campinas/SP). Maratona de Contos do Sesc, no Grande Teatro/Scar – Classificação Livre.
• 9h, 10h, 14h, 15h, 16h e 17h – Curta-metragens para todas as idades (Sesc), na sala multimídia/Scar.
• 19h – Lançamento do livreto “Aquela sexta” de Roberto Lanznaster (Série EmConto na feira/Design Editora), no Espaço dos Autores do Galpão da Leitura, no estacionamento da Scar.
• 19h30 – É Legião! Bate-papo com Dado Villa-Lobos.

Via OCP