Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Hã, hã? No que deu? Oras, é claaaaaaro que empurraram pra outro. Tô falando, a culpa vai cair pro Bratz!

Nossa prometida cobertura ontem lá pifou, já que o 3G da Vivo deixou a gente na mão, mas vou botar abaixo texto do Sr. Peron, via seu querido Nem Phodendo. Espero identifiquem o sarcasmo em certos pontos:

O contador e o dono da Fábrica de Show afirmaram desconhecer até quem era a tal CCO – Comissão Central Organizadora. Certamente a CCO também não conhece a Fábrica de Show.
Os “supostos documentos” que apresentaram hoje (10/03), trocados por papel higiênico usado, ainda são caros.

A CEI deu prazo de 48 horas para que apresentem toda documentação. Está mais do que claro que não irão apresentar coisa alguma.

Entre as “mentirinhas” que disseram, está a de que: a receita foi menor que a despesa. Mas que despesa se não pagaram ninguém?

(…)E a novidade: que tudo, mas absolutamente tudo, foi decidido, contratado e etc.etc.etc por Ronaldo Raulino! Não vou entrar em outros detalhes porque seria chover no molhado.

Eis parte da matéria de hoje da FolhaSC sobre o declarado:

Genilson (o dono da Fábrica de Shows) disse à CEI que a receita da festa girou em torno de R$ 1,355 milhão, com despesas citadas de R$ 1,378 milhão. Mas não soube informar quanto teria sido pago a credores que teriam a receber(…)

A grande de ontem foi a acusação quanto superfaturamentos:

Mas (Genilson) confirmou que o show da dupla sertaneja Fernando e Sorocaba custou R$ 147 mil, o dobro dos R$ 70 mil cobrados para uma apresentação em Massaranduba poucos dias antes(…) na conta apresentada para a decoração dos pavilhões, segundo ele de R$ 200 mil quando por R$ 18 mil a Fábrica tinha feito a decoração da Festa Trentina, em Nova Trento.

Cheiro ruim no ar… E parece que o Ivo Konell fez pedido verbal para prestar novo depoimento semana que vem.


Pra quem tá meio perdido, sugiro ler o resumão que publiquei ontem.