Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Uma força tarefa realizada pela Polícia Militar surpreendeu três dos principais acusados pela distribuição de entorpecentes –crack– nas proximidades do terminal urbano rodoviário, no centro de Jaraguá do Sul.

Duas pensões previamente monitoradas pela Agência de Inteligência do 14º BPM, uma na rua Expedicionário Gumercindo da Silva, conhecida como “pensão do Bruno” e outra –Novo Hotel– na rua Arthur Muller foram revistadas pelos 18 policiais militares que iniciaram a operação, por volta das 08 horas da manhã.

Apreensões 14BPM

Na primeira pensão dois acusados foram detidos, um homem de 26 e uma mulher de 19 anos de idade, no quarto que eles alugavam, mais de 80 gramas de crack foram apreendidas, cerca de 350 pedras, quando divididas para o comércio e consumo. Também foram encontrados produtos suspeitos de serem proveniente de furto e usados na troca por pedras de crack. No “Novo Hotel” um homem de 22 anos, várias vezes monitorado comercializando crack foi localizado e preso em fragrante, com ele outras 4 pedras da droga foram encontradas. Os acusados foram conduzidos à delegacia sob a acusação de tráfico de tóxico ou entorpecentes.

MASSIFICAÇÃO DO POLICIAMENTO
Desde a última quinta-feira, 07, depois da prisão de três acusados de comandar o tráfico de drogas nas imediações do Terminal Urbano Rodoviário, Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade. A Polícia Militar continua massificando o policiamento ostensivo no local.

Na manhã desta sexta-feira, 08, dezenas de “usuários” e outras pessoas com antecedentes criminais foram abordados, alguns deles, mais de uma vez, somente na parte da manhã. Depois de consultas criminais e revistas pessoais os suspeitos foram liberados. Exceto uma jovem de 18 anos de idade que portava maconha em um dos bolsos.


Infos via 14BPM