Por: João Marcos | 31/01/2013

Enquanto em Jaraguá do Sul o pente fino continua e o único lugar que até então foi reprovado pela Defesa Civil é o Parque de Eventos. Em Joinville a realidade foi outra, sete dos oito estabelecimentos vistoriados até então precisam de melhorias.

Uma enxurrada de denúncias registradas na última semana apontou o rumo das fiscalizações realizadas por uma comissão criada para avaliar a segurança de casas noturnas e espaços onde há grande movimentação de pessoas em Joinville.

Foram vistoriados oito locais entre a manhã e a tarde de segunda-feira. A maior preocupação dos integrantes da comitiva era se certificar de que os espaços observados contam com saídas de emergência adequadas ao público que cada estrutura comporta.

Dois estabelecimentos só não foram interditados porque estavam protegidos por uma liminar judicial. O caso mais grave detectado pela comissão foi o da Ivyx Club Mix – boate localizada na rua Procópio Gomes.

A casa não atende a nenhuma das exigências feitas pela comissão. Mesmo assim, o advogado da casa apresentou a liminar e o alvará provisório (este libera o funcionamento até março). Quando o prazo encerrar, a comissão voltará ao estabelecimento para nova inspeção.

A segunda casa que apresentou problemas foi a Bovary Snooker Pub, na Via Gastronômica. Uma decisão judicial impediu que a Polícia Civil interditasse o ambiente que apresenta apenas uma saída de emergência.

Segundo o engenheiro dos bombeiros, Paulo César Ferreira, o alvará não está de acordo com o funcionamento da casa. As providências já estão sendo tomadas pelo empresário Christian Markuardt, que cancelou os shows desta semana. Ele garantiu que uma segunda saída de emergência será instalada até o final de semana.

Fonte