Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

breithaupt_menor

“Pegou geral”, não há expressão que possa definir melhor a presença do Lulu no cotidiano. Recém-lançada nos EUA, a impressão que dava é que levaria mais um tempinho pra essa onda chegar no Brasil, mas que nada… Os marmanjos mal comportados daqui já devem ficar de orelha em pé, e não só eles: o sistema de categorização do app tem falhas e permite facilmente acontecerem injustiças.

Às garotas, pergunto: quem gostaria de virar assunto? Na sanha da rede social, é isso que o Lulu faz, e depois de considerar os aspectos positivos e negativos do app, essa é para mim a questão que restou.

Já peguei garotas com mau hálito, irritáveis, desempregadas, desarrumadas, acanhadas, fumantes, sem perfume e tudo mais, porém o que prevalecia, e quando me perguntavam delas, falava que beijavam bem, eram carinhosas, boas de papo etc. É até uma questão de etiqueta, e que garanto, muitos seguem. Já com o app percebi que um toque na tela basta para que o negativo seja compartilhado em escala massiva; e amigos, se uma pessoa lhe aplicar hashtag podre, aquilo pode entrar definitivamente para seu currículo.

Talvez haja um sistema de média, mas até então todos meus contatos estavam com quatro ou cinco avaliações no máximo, e o que estava lá só ganhava volume, não parecia ficar mais preciso. Haviam contatos com apenas uma avaliação, e pobres desses, a experiência de uma única garota era o suficiente para classificá-los como definitivamente rejeitáveis. Há quem vá ser vítima da imprecisão também: uma ex-companheira de tempos idos pode botar que você tem mau hálito, por exemplo, e é isso que vão pensar de você mesmo que já tenha cuidado do deslize. É possível para as garotas discordar das notas de outras usuárias, mas o acesso ao recurso é bem discreto.

avaliacao_usuaria02b

Como aparece a avaliação de um perfil no aplicativo

Já no aspecto positivo, vejo que o app pode ser uma ferramenta para os caras aprenderem com os erros. Nem todos reconhecemos nossas manias, e ali elas estão classificadas e podem ser digeridas – mas afinal, não precisava ser publicamente, certo?

Se fosse alterar algo no serviço, focaria para as garotas apontarem caras violentos e realmente mau-caráter, mas isso certamente não seria tão atraente quanto esse que aparenta ser um gerador praticamente infinito de fofocas. Marcar com #PiorMassagemDoMundo ou #DáSono, por exemplo, não é puramente nada mais do que desmoralizante para o cara.

Para os rapazes, há uma questão que vai tranquilizar muitos: a classificação dos tipos não é aberta. As mulheres podem classificar os “boys” apenas dentro das hashtags que o app oferece, e como poderão ver abaixo, a lista “qualidades” é beeem maior que a “defeitos”.

Fiz uma experiência e consegui navegar pelo APP esta manhã sem precisar criar conta ou pedir emprestada – achei uma falha e consegui acessar usando meu perfil masculino. Abaixo, para alívio ou terror do leitor, apresentamos as telas:

Telas de login do Lulu

Telas de login do Lulu: você anônima, os caras não

Dada permissão que o app acesse sua conta no Facebook, ele rastreia seus contatos e exibe a lista dos caras, já dando a nota daqueles que foram avaliados. Na home é essa interface: thumbnails, nome, hashtag principal, nota e visualizações do perfil. Abaixo segue um preview em versão estendida:

Timeline Lulu

Se você clica para ver um perfil, é assim que aparecem as hashtags:

Hashtags Lulu

“#NadaDeMal”?

TODOS amigos e amigos de amigos das garotas estarão lá. Quem não tem nota também aparece, com o perfil “meio que” convidando para ser classificado:

"Faça um favor a ele" e "Fica tranquila" na mesma sentença, ok

“Faça um favor a ele” e “Fica tranquila” na mesma sentença, ok

Tava lá pra ver como era o processo, então cliquei. Eis a sequência de telas, os itens delas já valem bastante pra uma auto-avaliação… E me perdoem a aplicação da marca d’água, mas deu um trabalhão do cacete fazer essa captação.

Tela do passo 1 na classificação do app Lulu

Passo 2Tela do passo 2 na classificação do app Lulu

Passo 3Tela do passo 3 na classificação do app Lulu

Passo 4Tela do passo 4 na classificação do app Lulu

Passo 5Tela do passo 5 na classificação do app Lulu

Passo 6Tela do passo 6 na classificação do app Lulu

Passo 7Tela do passo 7 na classificação do app Lulu

Passo 8Tela do passo 8 na classificação do app Lulu

Essas são as telas que dão a pontuação para o cara em seus atributos, como fica apresentado o resultado vocês podem conferir  na primeira imagem que ilustra este post. Agora o que lhes apresento senhores, são as tão famosas hashtags. A classificação e/ou condenação dos caras está restrita ao que as garotas podem marcar nas duas listas que vocês veem a seguir. A primeira é a de aspectos positivos:

App Lulu lista de hashtags positivasE aqui é onde a conscientização deve pegar, confiram a lista com os tageamentos negativos que podem ser aplicados aos perfis no Lulu:

App Lulu lista de hashtags negativasApavorou? Bom, se você quiser que seu perfil não fique disponível para avaliações no Lulu basta clicar aqui e pedir a desativação, mas se você quiser aproveitar o potencial da ferramenta para se conhecer melhor, há também a possibilidade de fazer o download do app, identificar-se como dono de seu perfil, apresentar-se formalmente às garotas e esperar pelos feedbacks.

E a pergunta que agora provavelmente não quer calar: como consegui navegar no app usando minha conta? Lógica simples: o app é só para garotas e faz o login baseado em seu perfil no Facebook. Vai lá, bota “feminino” no sexo e pronto, divirta-se avacalhando com os perfis de seus amigos.

 ______
breithaupt_maior