Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

Notícia via G1:

Rogério Kumlehn

Rogério Kumlehn é diretor de trânsito em Jaraguá desde janeiro de 2013

O diretor de trânsito de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, e ex-comandante da Polícia Militar, Rogério Luiz Kumlehn, foi preso em flagrante suspeito de dirigir embriagado. A autoridade de trânsito municipal foi parada em uma blitz.

De acordo com a Polícia Civil, Rogério foi preso na noite de terça-feira (8) e liberado após pagar fiança. O diretor negou ter bebido.

Rogério foi parado pela Polícia Militar em uma blitz, no bairro Jaraguá Esquerdo. A seção de Comunicação Social do 14º BPM informou que o homem de 52 anos foi preso por dirigir sob efeito de álcool. Ele conduzia um veículo Soul no momento da abordagem. Segundo a Polícia Civil, Rogério se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi conduzido para a delegacia.

O diretor de trânsito afirma que não bebeu antes de dirigir e diz estar sendo vítima de perseguição por parte de alguns policiais militares. “Ir para a delegacia foi uma escolha minha. Eu preferi ir para a delegacia, pois eu não queria me submeter aos policiais militares. Eu não confio naqueles policiais que estavam lá”, disse Rogério.

Segundo Rogério, após sair de uma partida de futebol, ele foi abordado por policiais que afirmaram que ele estava embriagado. Rogério diz que se negou a fazer o teste de bafômetro, pois não tinha bebido. “Eu já sabia que a intenção dos policiais era me prejudicar”, afirma o diretor de trânsito.

De acordo com a Polícia Civil, Rogério foi preso em flagrante por direção sob efeito de álcool, pagou fiança de cinco salários mínimos, cerca de R$ 3.620 e foi liberado ainda na noite de terça-feira. Ele deve responder em liberdade.

Rogério Luiz Kumlehn é diretor de trânsito de Jaraguá do Sul desde janeiro de 2013 e é coronel aposentado da Polícia Militar. Ele foi comandante do 14º BPM  e em 2011 foi exonerado do cargo após manifestações que teriam ofendido promotores e delegados.