Por: Gabrielle Figueiredo | 21/09/2015

Anote essa, setembro é também o mês da Conscientização e Combate ao Câncer em Animais. Assim como os humanos, os animais também correm o risco de desenvolver a doença, que como sabemos, pode ser prevenida e tem chances aumentadas de cura quando diagnosticada e tratada precocemente.

Quem está tocando a campanha aqui em Jaraguá é o pessoal da farmácia de manipulação veterinária Fórmula Animal, que dentro do tema, compartilha as dicas abaixo. Confiram:

Foto:  Royalty-Free/Corbis

Foto: Royalty-Free/Corbis

Dicas de como prevenir o câncer em animais:

– Aplicar protetor solar principalmente em animais de pelagem clara. Uma maneira de prevenir esta doença é usar protetor solar no pet e evitar exposições prolongadas ao sol. Contate-nos para mais informações.

– Realizar exame de palpação de mamas em cadelas e gatas para evitar tumores mamários.  Para realizar o exame deve-se saber primeiramente que as cadelas possuem 5 pares de mamas e as gatas 4 pares. Todas as mamas devem ser palpadas cuidadosamente, inclusive o espaço existente entre elas. Ao localizar um nódulo você deverá procurar imediatamente o médico veterinário de sua confiança para realização de exames complementares e início do tratamento.

– Fique atento a dieta do seu animal! O risco de aparecimento de tumores pode estar ligado à fatores nutricionais interagindo já nos primeiros meses de vida do animal. Alimente os animais com ração própria para cães e gatos de boa qualidade.  Evite oferecer restos de alimentos. A obesidade também é um risco para diabetes e doenças cardíacas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

– Castração precoce. As fêmeas castradas antes de 1 ano de idade, têm chance reduzida de desenvolver câncer de mama na fase adulta, se comparado às fêmeas não castradas. A possibilidade de câncer de mama é praticamente zero quando a castração ocorre antes do primeiro cio. Além disso, a retirada do útero anula a chance de problemas uterinos bastante comuns em cadelas após os 6 anos de idade.

– Evite cruzar animais domiciliados com animais de rua. O contato sexual favorece o aparecimento de Tumor Venéreo Transmissível (TVT). Caso você esteja pensando em colocar seu bichinho de estimação para reproduzir, leve-o ao veterinário para um check-up do sistema reprodutivo e exija o mesmo do parceiro dele.

– Fazer atividade física leve ou moderada diariamente com o animal, diminui os sintomas de estresse e o risco do desenvolvimento do câncer.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Setembro é o mês da luta contra o câncer em animais. Junte-se a essa causa! Leve seu animal para um exame no veterinário de sua preferência e certifique-se sobre a saúde dele. #setembrolilas

unnamed


Artigo produzido em colaboração da Fórmula Animal Jaraguá do Sul.