Por: Ricardo Daniel Treis | 4 anos atrás

Nota compartilhada pela Prefeitura Municipal informa o triste fato:

É com pesar que comunicamos a morte do jornalista, servidor público e amigo Altamir Ricardo de Souza, 44 anos, infelizmente mais uma vítima da imprudência do trânsito em nossa cidade, na noite desta segunda-feira (17). Desde março de 2010, ele exercia as funções de assessoria de imprensa na Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Jaraguá do Sul.

Sempre solicito e prestativo, Altamir atuava junto à Secretaria Municipal da Educação, Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento Físico-Territorial de Jaraguá do Sul (Ipplan), Secretaria Desenvolvimento Econômico e Turismo e Procuradoria-Geral do Município.

Neste momento difícil, quando as lágrimas insistem em molhar o rosto; o coração fica apertado e a alma inquieta, gostariamos de compartilhar nossos sentimentos com os familiares do nosso colega e lembrar do Altamir como um idealizador, uma pessoa carismática, sempre com um sorriso expressivo no rosto. Que o Altamir siga em paz. Nós continuaremos aqui, sempre lembrando seu legado.

Equipe da Diretoria de Comunicação da PMJS

O acidente foi lamentável, seu carro foi colhido por um motorista embriagado que avançou o sinal vermelho em alta velocidade. Altamir vinha pela Reinoldo Rau, enquanto que o outro condutor pela Barão do Rio Branco.

O responsável pelo fato, W.P.G., 30 anos, dirigia seu Ford Focus com 0,85 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões (a legislação tolera no máximo 0,05 mg/l). O acidente aconteceu aproximadamente às 23h50 desta segunda-feira.

O velório terá início às 12h na Capela Mortuária Maria Leier, na rua Coronel Procópio Gomes de Oliveira, próximo do Cemitério Municipal.

Falo também pelo Max quanto à admiração pelo colega. Quando lançamos o Por Acaso Altamir atuava como colunista social no jornal AN, foi um dos profissionais que tomamos como modelo para nós. Dali criamos um relacionamento não só profissional como também reforçamos o pessoal que tínhamos com ele. Sempre um cara gentil e atencioso, era ocasião agradável encontrá-lo para trocar uma ideia.

Lamentamos deveras o ocorrido, principalmente pela circunstância… Jaraguá perdeu uma grande pessoa.