Por: João Marcos | 09/04/2012

Em uma entrevista coletiva como qualquer outra, o delegado Claudio Monteiro deu a seguinte resposta quando questionado sobre a ação do arrombadores de caixas eletrônicos que assolam o Brasil:

Continuamos trabalhando sobre esse tipo de situação e gostaríamos até de deixar um recado pro pessoal. Se vierem para Santa Catarina, podem ter certeza, ou vão ser presos ou vão ser mortos. Porque se vier para o confronto, nós vamos matar.

Depois disso, mal imaginava ele que seria afastado da Diretoria Estadual de Investigaões Criminais de Santa Catarina (DEIC). A informação começou a circular pelas redes sociais, e foi confirmada pela cúpula da Secretaria de Segurança Pública. A notícia divulgada pela assessoria da Secretaria é que a exoneração de Monteiro sirva para que ele possa responder e se defender a uma sindicância instaurada e que verifica questões administrativas.

Nenhum detalhe foi esclarecido sobre esse fato, o delegado-geral da Policia Civil, Aldo D’Ávila declarou que é cedo para qualquer pré-julgamento sobre as declarações de Monteiro. E para hoje está marcada uma reunião entre os dois para decidir o futuro do delegado afastado.

Na Internet, onde uma campanha de apoio ao delegado ganha força, vários comentários de internautas dão indícios que o afastamento tenha relação direta com essa declaração de Monteiro, o que torna a situação ainda mais revoltante.

Segue uma das imagens que rolam na internet em apoio ao delegado, na imagem tem o link caso queiram acompanhar o desfecho dessa história: