Por: | 7 anos atrás

Maquetes dos carros alegóricos e miniaturas das fantasias de três escolas de samba de São Paulo ajudarão deficientes visuais a ver o Carnaval 2011 com as mãos.

Quarenta e cinco pessoas com dificuldade de visão participarão do projeto “Carnaval paulistano – só não vê quem não quer” e ficarão em um camarote especialmente adaptado no Sambódromo.

Cada um deles receberá um CD de áudiodescrição, com explicações detalhadas sobre os desfiles.

E para essas pessoas, o Carnaval vai começar já nos ensaios das escolas Rosas de Ouro, Mocidade Alegre e Camisa Verde e Branco, onde poderão manipular pandeiros e tamborins.

Na concentração das escolas, poderão tocar em carros alegóricos e fantasias, tanto as em tamanho reduzido quantos as reais.

Estudantes de arquitetura e moda da FMU já começaram a desenhar as miniaturas do Carnaval.

Também participam da iniciativa a prefeitura, a São Paulo Turismo e a Fundação Dorina Nowil para Cegos.

Via Folha.