Por: Cláudio Costa | 3 anos atrás

Mesmo após a chuva dar uma trégua, a Defesa Civil de Jaraguá do Sul está em alerta para deslizamentos nesta sexta-feira (23). Segundo o órgão, choveu 146 milímetros nas últimas 72 horas. Ao todo, aproximadamente 400 residências e estabelecimentos foram atingidos na cidade. Foram registrados 100 pontos de alagamento e 50 pontos de deslizamento.

Duas residências foram interditadas pela Defesa Civil, uma no Jaraguá 99 e outra no Rau. Nesta quinta-feira (22), o órgão atendeu mais de 100 chamados. As pontes do Vailatti (Centro), do Beira Rio (Centro) e o pontilhão da baixada Gielow (Rio Cerro I) foram interditadas pela Defesa Civil, mas já foram liberadas. O abrigo montado no Parque de Eventos recebeu uma família, que já retornou para a sua casa na Ilha da Figueira.

Rua José Albus, nas proximidades da Praça Ângelo Piazera,  após o alagamento. Foto: Divulgação

Rua José Albus, nas proximidades da Praça Ângelo Piazera, após o alagamento. Foto: Divulgação/PMJS

De acordo com o levantamento, os bairros mais atingidos pelos alagamentos e deslizamento foram Barra do Rio Cerro, Jaraguá 99, Jaraguá 84, Rio da Luz, Rio Cerro I, Rio Cerro II, Ilha da Figueira, Vila Nova, Centro, Vila Lenzi, Água Verde, Amizade, Nereu Ramos e Ribeirão Grande do Norte.

O nível do rio Itapocu chegou a 4,65 metros acima do nível nesta quinta-feira (22). Na cheia de junho de 2014, o leito do rio chegou a 7,10 metros acima do nível normal. Nesta sexta (23), o rio já está no seu nível normal. O rio Jaraguá chegou a 4,76 metros acima do nível considerado normal na quinta. Na enchente de novembro de 2008, o rio chegou a 6,5 metros acima do nível. Na manhã desta sexta, o rio estava 56 centímetros acima do nível normal.

Ponte do Vailatti chegou a ser interditada nesta quinta. Rio Jaraguá chegou a 4,76 metros acima do nível considerado normal. Foto: Divulgação

Ponte do Vailatti chegou a ser interditada nesta quinta, mas foi liberada. Rio Jaraguá chegou a 4,76 metros acima do nível considerado normal. Foto: Divulgação/PMJS

A Defesa Civil contou com o apoio do Corpo de Bombeiros Voluntários, da Polícia Militar, Jeep Clube, Choupana do Rock 4×4, Clube de Canoagem Kentuck e do grupo de resgate Gerar.

Cuidado com deslizamentos de terra

A Defesa Civil de Jaraguá do Sul não está em alerta de alagamento. Mas permanece em alerta de deslizamento. O solo está muito encharcado, o que representa risco para os moradores de áreas de risco.

A População que mora próximo a encostas deve ficar atenta aos sinais de deslizamento, como rachaduras no solo, muros ou paredes estufadas, paredes externas e calçadas que se afastam da edificação, árvores e postes que se inclinam, água barrenta que surge na base das encostas.