Por: João Marcos | 6 anos atrás

Na noite de ontem, a CSM/Pré-Fabricar conheceu sua primeira derrota em casa na Liga Futsal. E não pense o torcedor que foi por falta de esforço. O grande ‘vilão’ da noite foi o goleiro Chico, do Marechal Rondon, que além da grande atuação debaixo dos três paus, abriu o placar aos 4:09, aproveitando uma falha defensiva.

Mesmo com o gol sofrido, a equipe jaraguaense tinha uma atuação consistente e o segundo castigo veio aos 13:40, quando Léo roubou uma bola na quadra de defesa, avançou em velocidade e tocou com categoria, na saída do goleiro Gian.

A segunda etapa foi de pressão total por parte da CSM/Pré-Fabricar, que teve a chance mais clara de descontar aos 34:22, quando Renan cometeu penalti em Dian e acabou expulso. Na cobrança, Elisandro soltou a bomba, que estourou no peito de Chico.

Com um jogador a mais na linha, o técnico Renato Vieira colocou o fixo Jedson no gol e acabou recompensado aos 36:15, com Canabarro, que recebeu um bom passe do próprio Jedson e soltou a bomba, para descontar. Depois do gol, a pressão jaraguaense só aumentou, mas o goleiro Chico tratou de segurar a vitória da equipe paranaense.

“Foi um dia onde a bola não entrou e o goleiro deles estava em uma noite feliz. Erramos duas vezes no primeiro tempo e pagamos o preço. Certamente a torcida saiu chateada com a derrota, mas viu que lutamos até o final”, afirma o goleiro jaraguaense Gian.

A equipe volta a atuar pela Liga Futsal no dia 28, em Venâncio Aires.

Via Avante Esportes