Por: Ariston Sal Junior | 4 anos atrás
Reprodução/Internet

Reprodução/Internet

Dias antes de o pontífice ser canonizado por Francisco no Vaticano,
um enorme crucifixo construído em sua homenagem caiu sobre um turista em Cevo

 

Um homem morreu esmagado por um crucifixo gigante que homenageava o papa João Paulo II em Cevo, na região de Liguria, Itália. As autoridades identificaram a vítima como Marco Gusmini, um turista que estava posando para fotografias no local quando o monumento veio abaixo. O acidente com o jovem de 21 anos ocorreu na quinta-feria, apenas três dias antes do evento que marcará a canonização de João Paulo II no Vaticano, previsto para acontecer neste domingo.

Outra chocante coincidência consiste no local em que a vítima morava com os pais. A residência de Gusmini estava localizada na cidade de Lovere, em uma rua batizada de papa João XXIII, que, assim como João Paulo, será canonizado domingo por Francisco.

O monumento em homenagem a João Paulo II foi inicialmente construído em alusão à sua visita à Brescia, na região de Lombardi, em 1998. O crucifixo, no entanto, foi transferido para o vilarejo de Cevo em 2005. A construção tinha 30 metros de altura e 6 metros de largura, o que permitia que ela fosse vista por meio do sistema de satélite do Google Earth. Uma estátua de Cristo, que estava acoplada ao crucifixo, ficou completamente destruída após a queda.

Via Veja Online