Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Uma das atrações do Festival de Música de Santa Catarina é uma colônia de férias diferente, que reúne crianças de 6 a 12 anos em uma programação de lazer e de entretenimento com educação, com o ensino de flauta-doce, instrumentos de cordas e canto coral, além de participarem de atividades físicas e recreativas, como gincanas, esportes e jogos. O ‘Femusquinho’ acontece entre os dias 18 e 30 de janeiro das 9 às 17 horas, no Colégio Bom Jesus/Divina Providência (rua Marechal Deodoro, 710/Centro). O valor da inscriçxão é de R$ 100,00, que dá direito a lanche e refeições diárias, e os intrumentos a serem utilizados nas aulas. Informações pelos telefones (47) 3275-2477 e (47) 3373-8652, pelo e-mail festival@femusc.com.br e no site www.femusc.com.br.


Alex Klein, diretor artístico do FEMUSC, diz que a colônia de férias é uma inovação ao modelo de festivais de música no Brasil. Embora muitos festivais ofereçam classes para crianças, o FEMUSC criou o seu próprio festival, beneficiando crianças que não possuem a mínima instrução básica de música, como ler partituras ou reconhecer os instrumentos orquestrais.
 
Os menores participam de classes de coral infantil, flauta-doce e instrumentos de cordas (violino, viola, violoncelo ou contrabaixo) pelo Método Jaffé de Ensino Coletivo de Cordas. As crianças que participam do Femusquinho se apresentarão no Concerto de Encerramento do FEMUSC 2010, no dia 30 de janeiro na Arena Jaraguá, junto com o Coral do FEMUSC, alunos e professores, e a Mega-Orquestra do FEMUSC, formada por mais de 400 músicos. As crianças também participam de dois momentos marcantes do FEMUSC, o Zoológico Musical e o Concerto para Famílias, eventos que acontecem nos dias 23 e 30 de janeiro, às 10 horas, no Grande Teatro da SCAR – Sociedade Cultura Artística. “O Zoológico Musical é uma idéia inovadora dentro do FEMUSC e desde sua primeira versão, em 2006, agrada a crianças e adultos. Para os músicos, é a oportunidade de aproximar principalmente as crianças ao mundo da música, através do contato com os vários instrumentos e outros elementos presentes em uma apresentação. É uma oportunidade dos pais possibilitarem aos seus filhos conhecer os instrumentos e fazer despertar o gosto pela música”, acentua Alex Klein.

Conforme Alex, a proposta da atividade com as crianças caminha junto com a idéia central do FEMUSC, de desmistificar a música erudita. Durante o Zoológico Musical, uma espécie de exposição apresenta os instrumentos onde as crianças podem ter contato direto com o instrumento e seu som, conversar com os músicos e até experimentar executar alguns acordes. “A cada edição, a organização percebe o maior interesse das pessoas, é uma forma de envolvimento direto das crianças, motivando seus pais a participar do evento”. Segundo o maestro, não é necessário o conhecimento prévio de leitura musical nem de instrumentos musicais. Lembra que os participantes de edições anteriores do Femusquinho, que já possuam conhecimento musical prévio, poderão continuar seu crescimento musical. Os participantes recebem uma flauta-doce Hering do FEMUSC, e não há necessidade de comprar instrumentos ou partituras.

O diretor artístico relata a sua experiência para destacar a importância dos pais darem a oportunidade aos seus filhos conhecerem os instrumentos. “Comigo funcionou assim, quando ainda garoto, fui assistir a um concerto e fiquei deslumbrado com o oboé. Desde então, não o largo mais”, comenta. “Na medida em que as pessoas conhecem esse gênero percebem que o conceito de elitismo que acoampanha a música erudita precisa ser afastado. O que estamos buscando é essa aproximação com o público, e desejamos que as pessoas que venham ao festival participem ainda mais”, assinala. Para ele, atividades como o Femusquinho e o “Zoológico Musical” ajudam a quebrar barreiras, pois motiva as crianças e as famílias. “Pode ser o primeiro passo para uma criança despertar o gosto pela música, como musicista ou como espectador. Esse é o desafio”.

Informações sobre a programação do FEMUSC 2010 podem ser obtidas pelos telefones (47) 3275-2477 e (47) 3373-8652, pelo e-mail festival@femusc.com.br e no site www.femusc.com.br.