Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás

[youtube_sc url=”http://youtu.be/PF7EpEnglgk”]

É difícil saber qual emoção específica este vídeo acima, de crianças reagindo a um computador antigo, evoca. É algo entre puro deleite (que gracinha!) e horror absoluto (estou velho demais!). De qualquer forma, vale a pena assistir.

Para usar um Apple II, é preciso ligar o monitor e o computador, mas o botão liga/desliga fica na traseira. E você tem que pressionar Reset no teclado para então inserir seus comandos. E para isso, você precisa entender um pouco de programação: afinal, não existe uma interface gráfica (e nem mouse).

Para rodar programas, você precisava de um disquete enorme, e tinha que ligar o Apple II com ele já inserido. Não havia multitarefa, mas havia alguns jogos – “pelo menos é melhor que Flappy Bird!”, diz uma garota. E para acessar a web? “Certeza que Timothy Berners-Lee ainda não criou“, diz um garoto muito esperto. (As falas parecem meio atuadas, mas não estraguem a ilusão!)

Uma frase do vídeo resume tudo: “Isso é o ponto alto de uma tecnologia, e agora… parece meio inútil”. Pode soar errado para quem conhece e usou computadores antigos, mas é verdade: estes são os primórdios da computação pessoal. Sim, é ultrapassado, mas graças a ela temos os laptops e smartphones atuais.

Fonte.