Por: Sistema Por Acaso | 5 anos atrás

A série Cosmos tem estréia no Brasil na noite de hoje no canal National Geographic as 22h30.

E adivinha quem fez a chamada?

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=3Gg07hpof5o”]

Muito legal um presidente reconhecer a importância de um programa de TV a ponto de fazer a abertura da série. Fora que o Obama é pop e não é nada bobo, sabe da projeção do projeto e quem sabe limpa um pouco a barra dele com a comunidade científica, já que colocou vários projetos da NASA e outros de mapeamento do cérebro, na geladeira. Mas tudo bem, a exposição é boa para todos. De fato, a inspiração “espacial” americana veio muito mais pela TV do que por qualquer outro meio. Entretenimento ajudando a inspirar uma nova geração de cientistas, e com aval do presidente. É bacana.

cosmos1

Episódio #01: “Standing Up in the Milky Way”

Novo, mas respeitosamente fazendo um revival de momentos clássicos do original, como o famoso “Calendário Cósmico” que aperta tudo o que aconteceu entre o Big Bang e hoje, como se fosse um período de um ano. Tem ainda Neil deGrasse contando como conheceu o Carl Sagan.

Cá entre nós, confesso que apesar de ser fã do Sagan e de tudo o que ele fez para tirar a pompa acadêmica sobre o assunto, acho a estética do “Cosmos” da década de 80 lenta demais, poética demais e às vezes beirando um clipe do Pink Floyd (é só minha opinião sobre a linguagem porque a série é um sucesso indiscutível). Dessa vez imagino que não será muito diferente, cheio de cenários virtuais, a sala de comando da “espaçonave” e o Neil sobre tabuleiros que flutuam no espaço. Em português claro, é cafona pacas (às vezes, bonito pacas também- oscila!). Mas a promessa é de um conteúdo fácil de digerir e acessível, então vale relevar.

Essa reedição é uma produção conjunta entre a FOX (que fez ontem pela primeira vez em sua história um lançamento de um programa de TV simultâneo em toda sua rede – são 180 estações) e a National Geographic.

A produção executiva é de Seth MacFarlane (criador do “Family Guy” e diretor do filme “TED”, além de fanático por ciência) e da viúva do Carl Sagan, Ann Druyan, que também foi uma das criadores da primeira versão.

Neil deGrasse e a viúva de Carl Sagan e produtora do programa, Ann Druyan

Neil deGrasse e a viúva de Carl Sagan e produtora do programa, Ann Druyan

Fonte: Update or Die.