Por: Sistema Por Acaso | 5 anos atrás

As meninas que querem comprar seu primeiro corset (lê-se corsê) tem que ficar atentas! Muitas vezes pessoas mal intencionadas ou mal informadas tentam vender corselets (lê-se corselê) para o treino de tight lacing. Então é muito importante conhecer bem o produto que está comprando para não acabar no prejuízo.

Corset
Eu já falei aqui dos corsets, mas vou reforçar. Corsets são feitos com várias camadas de tecido resistente, as barbatanas são de metal e tem reforços em locais estratégicos. Seu objetivo é comprimir as costelas e a cintura, dando mais forma ao corpo. Geralmente são feitos sob medida, para melhor se ajustar ao corpo. Todos os corsets possuem amarração nas costas, o que ajuda na sua colocação. Na frente o corset pode ser fechado com colchetes ou com zíper. Por ser uma peça reforçada, de qualidade e que vai durar muitos anos (sem bem cuidada) o corset não tem um preço baixo.

Corselet
Os corselets são itens de lingerie. Os tecidos para a sua confecção geralmente são delicados, como rendas, cetim, tules e lycra. As barbatanas que dão sustentação para o corselet são de plástico e não comprimem em nada as costelas e a cintura, no máximo dão uma apertada nas gordurinhas. A amarração de trás dos corselets é só decorativa e não serve para apertar a peça. Os corselets podem ser encontrados em lojas de lingerie e são bem mais baratos que os corsets.

Os corselets tem seu valor como lingerie, são peças bonitas e femininas, mas não servem para o treino de tight lacing. Então se o seu objetivo é afinar a cintura, preste atenção para não comprar um corselet, pois com ele você não alcançará o seu objetivo.

Semana que vem darei uma lista de corsetmakers brasileiras para ajudar vocês a escolher a sua!

Por Tyara Caroline Gaedtke. Leia os outros posts da série sobre Tightlacing:
1 – O que é tightlacing?
2 – Porque uma cintura fina é atraente?
3 – Os diferentes tipos de Corset