Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Amanhã será promovida na Acijs uma mesa-redonda para debater o assunto, segue release enviado pela Fundação Cultural:

schutz

Qual o futuro da Schützenfest, que neste ano entra na sua 27ª edição? Qual a melhor maneira de administrá-la? Como aproximar ainda mais o público da “festa dos atiradores” conservando-se o caráter familiar do evento? Quais novidades podem ser aglutinadas tendo em vista a manutenção da tradição? Estas e outras perguntas serão debatidas durante mesa-redonda, promovida pela Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, no dia 31, às 19 horas, no Salão nobre da Associação Comercial e Industrial de Jaraguá do Sul (Acijs). O evento contará com a presença de autoridades, conhecedores de realidades similares e responsáveis pela organização de outras festas, como o presidente do Parque Vila Germânica e secretário de Turismo de Blumenau, Ricardo Stodieck, uma das pessoas à frente da Oktobesfest. O evento é aberto ao público, sem a necessidade de inscrição prévia.

Há, também, um canal de comunicação para que as pessoas deixem suas contribuições sobre o assunto através do link http://portal.jaraguadosul.sc. gov.br/extras/016/inscricao.php. De acordo com o presidente da Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, Sidnei Marcelo Lopes, a intenção é envolver todos os setores da comunidade para que contribuam com sugestões e críticas, visando o fortalecimento da festa nos mais variados temas como, por exemplo, atrações culturais, gastronomia, estrutura, gestão e outros.


Nossa parte já compartilhamos, chegou a ver nossas Top 5 sugestões para melhorar a Schützenfest?

kill