Por: Deivis Chiodini | 3 anos atrás

Hoje começamos a apresentar os jogadores que pintarão em Jaraguá para o Jogo das Estrelas em 25 de abril, no João Marcatto. O evento integra as festividades do aniversário do Juventus.

E o primeiro é Alexandre da Silva Mariano, o popular Amaral ou Amaralzinho como também é conhecido no mundo da bola.

Amaral

Volante pegador, Amaral é uma figura ímpar. Dono de um problema em umas pálpebras, que é caída, se tornou figura de fácil reconhecimento em todos lugares.

Amaral nasceu em Capivari de Baixo/SP em 1973 e chegou as categorias de base do Palmeiras em 1991. Antes disso, trabalhou em uma funerária, de onde coleciona boas histórias, como subtrair as cuecas e os sapatos dos defuntos para usar:

Volante de técnica não muito refinada, mas com gás infinito e muita pegada, foi o verdadeiro carregador de piano do super time que a Parmalat montou no Palmeiras em meados dos anos 90, fazendo o trabalho sujo e correndo pelas estrelas. Permaneceu no Palmeiras até 1996, onde foi bicampeão brasileiro e tri-paulista. Nesse período chegou a seleção brasileira, onde foi bronze nas Olimpíadas de 1996. Num dos amistosos, o Brasil foi enfrentar a África do Sul e Amaral perguntado sobre o apartheid, disse que faria marcação individual, gerando mais uma história hilária:

Após passagens pouco brilhantes por Benfica, Parma e novamente Palmeiras, Amaral desembarcou no Corinthians, onde foi campeão brasileiro em 1998 e paulista em 1999> mas sua passagem pelo clube do Parque São Jorge ficou marcada pelo elástico que ele tomou de Romário num gol do Flamengo, confira:

Depois disso, Amaral teve um boa passagem pelo Vasco, onde foi campeão da Brasileiro, da Mercosul em 2000. Voltou ao velho continente para ser campeão da Copa da Itália pela Fiorentina em 2001 e turco pelo Besiktas em 2003. Voltou ao Brasil em 2004 para jogar pelo Grêmio, Vitória e Atlético Mineiro. Depois começou a rodar por diversos times menores, inclusive na Austrália, Polônia e Arábia Saudita. Hoje joga pelo time da sua cidade natal, o Capivariano no Campeonato Paulista.

Pra fechar a melhor história do Amaral, a famosa história do “Forró do Gerson”, contado pelo colega Marcão na frente do mesmo. Quem quiser rir mais, é só colocar o nome dessa figura no Youtube:

Este é apenas o primeiro da série! Conforme os nomes forem sendo confirmados, vamos atualizando e dando continuidade por aqui.

Os ingressos já estão disponíveis e você pode adquiri-los clicando aqui. Por enquanto eles se encontram apenas online pelos valores de:

Descoberta: R$13
Coberta: R$23

Cadeira: R$33

Vale lembrar também que, quem optar pela compra dos ingressos online deverá levar 1kg de alimento não perecível no dia do jogo para efetuar a troca, os pontos físicos da venda serão divulgados ainda nessa semana e atualizaremos vocês por aqui.

Fiquem ligados que, além desses posts rolarão sorteios e muitas outras ações envolvendo o evento que agitará a cidade no próximo mês e entramos como parceiros 😉