Por: Ricardo Daniel Treis | 07/08/2013

Via Revista Trip:

Tommy Carroll, 14 anos, nasceu com uma doença chamada retinoblastoma bilateral, um tipo de câncer na retina. Aos dois anos ele perdeu 100 % de sua visão, entrando para a estatística dos 3% de pacientes diagnosticados na infância com a doença que chegaram a perder completamente as funções visuais. Apesar disso, ele não deixou que seu problema o impedisse de perseguir as atividades que considera indispensáveis para sua vida.

Aos 10 anos, ele descobriu no skate um novo prazer para sua vida. Em uma pista nos arredores da sua casa em Northbrook (Illinois, EUA) que ele aprendeu a reconhecer pelo som das rodas de seu carrinho sobre o pavimento, ele arrisca stalls, aéreos e até alguns grinds nos cotovelos de uma piscina, tudo isso sem enxergar literalmente nada.

Um vídeo no Vimeo mostra uma sessão do skatista na pista em que ele aprendeu a chamar de casa. O curta foi escolhido como o “vídeo da semana” em vários sites especializados.

As últimas tomadas, com Tommy andando no escuro com todas as luzes da pista apagadas, são de tirar o fôlego. Assista ao vídeo e tente não se impressionar com sua história.