Por: Gabrielle Figueiredo | 30/11/2015

Utilizada pelos jaraguaenses apenas para tráfego, a ciclovia da cidade receberá, muito em breve, cores e arte. Isso porque o projeto Se essa via fosse minha dá sua largada neste domingo, dia 29, promovendo a primeira ação de divulgação da iniciativa.

Criada por cinco acadêmicas de Arquitetura e Urbanismo da Fameg, a ação pretende instigar a população a humanizar o espaço público através da arte, dando mais forma, cor, traço e vida à ciclovia.

A primeira etapa de revitalização acontece entre a Praça Ângelo Piazera até a Rede Feminina de Combate ao Câncer, e depois será estendida pela Ciclovia do Trabalhador.

Imagem: Projeção de muro na ciclovia

Imagem: Projeção de muro na ciclovia

A ação é comunitária, por isso todas as pessoas podem participar, seja disponibilizando o muro, fazendo os desenhos, doando tintas e até flores, já que a ideia também  arborizar os locais.

Quem quiser participar e pintar vai poder se inscrever no site do projeto que está em fase de desenvolvimento. “Queremos conectar as pessoas aos lugares e deixá-las orgulhosas do espaço que habitam”, comenta uma das organizadoras, Bruna Emanuelle Sabel.

E pra quem ficou curioso de como funcionará o projeto, é só chegar no domingo na Praça, às 9h, onde os primeiro muros receberão novas cores. Se chover, a ação deve ser transferida.

Mais informações pelo seessaviafosseminha@gmail.com ou pela fanpage Se essa via fosse minha