Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Artigo por Guilherme Dearo, para o site Exame.com. Fotos: divulgação, Escala/Metra.

marina01

Até 2019, a cidade de Itajaí, em Santa Catarina, ganhará um novo ponto turístico e econômico que a colocará ao lado um seleto grupo de cidades no mundo.

Itajaí terá uma nova marina, que está sendo construída na Baía Afonso Wippel. Quando ficar pronta, será a maior marina do Brasil e terá padrão internacional.

Local estratégico pela proximidade com o porto de Itajaí e a cidade de Balneário Camboriú, a cidade espera atrair novos negócios e mais pessoas do Brasil e do mundo interessadas em eventos náuticos internacionais – como a Regata Volvo Ocean Race e a Transat Jaques Vabre.

A primeira parte do projeto será entregue no fim de 2015.

marina02

O projeto, privado, é uma concessão pública. Quem ganhou foram os empresários do Porto Esportivo Itajaí Ltda., que construirão a marina e a administrarão por 25 anos.

Manuel Carlos Maia de Oliveira, engenheiro responsável, e Jétro Barboza de Oliveira, gerente de engenharia, garantem que não há nada parecido no Brasil e que modelos internacionais foram usados para o projeto.

O custo será de 40 milhões de reais.

marina03

As duas empresas responsáveis pelo complexo são a construtora Viseu, de Joinville, e a Ambiental, maior empresa de saneamento de Santa Catarina.

Desde os anúncios de descoberta de petróleo na camada pré-sal na região, a sete mil metros de profundidade, a economia local – principalmente o setor náutico – se aqueceu.

Empresas como Azimut, fabricante de embarcações, e a Fibrafort, exportadora de barcos de pequeno e médio porte, se instalaram na região do Rio Itajaí-Açu.

marina04

A baía terá proteção com profundidade de quatro metros e uma área de 120 mil metros quadrados de espelho d’água. De área construída, serão dez mil metros quadrados.

De infraestrutura, contará com boulevard de acesso público, área gastronômica, área comercial, área de passeio, área administrativa e prédio de serviços.

marina05

A marina terá 908 vagas para as embarcações, sendo 344 secas e 564 molhadas. Também terá estacionamento para 538 carros.

Ela também terá potencial turístico, já que haverá área pública para passeio com vista completa para o mar e as embarcações.

marina06

Na parte de serviços, a marina promete ter, entre outras coisas: posto de abastecimento náutico, lojas de conveniência, lojas de artigos náuticos e embarcações, serviços de limpeza e manutenção das embarcações, restaurantes e cafés, bancos, escritórios especializados em apoio náutico.

Ainda terá dois forklifts e um travelift disponíveis.

marina07

No local, está sendo construída uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que atenderá as instalações em terra e fará a coleta de águas negras das embarcações.

Ainda terá programa de reciclagem de resíduos, veículos elétricos para transporte interno, uso de energia solar e captação e reaproveitamento das águas pluviais.