Por: João Marcos | 6 anos atrás

É verdade que a Adidas usa couro de canguru nas suas confecções? Como saber se uma marca é ecologicamente correta?

Sim, é verdade. A Adidas faz uso de couro de canguru na fabricação de algumas chuteiras de futebol – e não esconde isso.

Por meio da sua assessoria de imprensa no Brasil, o Grupo Adidas declarou, no entanto, que é contra o abate dos cangurus de maneira “desumana e cruel” e diz só trabalhar com fornecedores que respeitam as leis e as regras estipuladas pelo governo australiano.

A outra pergunta é mais complexa. Infelizmente, segundo o Instituto Akatu, que trabalha com a concientização do consumo, ainda não existe um selo ou site com informações que identifiquem marcas ecologicamente corretas – aliás, o instituto recomenda utilizar a expressão “desenvolvimento sustentável”. Seja lá o que isso quer dizer.

Para conseguir informações sobre empresas mais, ou menos, sustentáveis, o Akatu recomenda pesquisar notícias na internet e em jornais. Outra forma é conferir os relatórios de sustentabilidade divulgados pelas empresas. Ou seja, não facilitam a sua vida, nobre consumidora responsável.

Ainda segundo o Akatu, nenhuma companhia pode ser totalmente sustentável, mas algumas atitudes podem torná-la mais, ou menos, consciente do seu papel social. Respeitar as leis trabalhistas, ser ambientalmente correta no seu modo de produção e trabalhar com fornecedores legalizados já é um bom caminho para ser sustentável.

Mais pragmatismo? Oquei. O Greenpeace tem suas listas. E nós da internet adoramos listas.

A ONG ranquea empresas de tecnologia de acordo com os seus ambientes virtuais, responsáveis pelo arquivamento e transmissão de conteúdo (a tal nuvem). Segundo a última análise, Apple, Amazon e Microsoft são decepcionantes, pois usam muita energia suja (basicamente carvão, esse highlander da revolução industrial) no serviço.

Do outro lado, Yahoo! e Google tem priorizado a energia limpa, seguidos pelo Facebook, que está correndo atrás após ser listado como uma empresa que não está ligando muito para esse papo de sustentabilidade.

Você pode ler mais aqui.

Outro ranking do Greenpeace é o Guia de Eletrônicos Verdes, em que a ONG avalia as empresas de acordo com uso de materiais tóxicos, reciclagem e gasto de energia. Na última edição, a HP ganhou com folga, seguida de Dell e Nokia. Na lanterna, estão RIM, fabricante do Blackberry, LG e Toshiba.

Ou seja, seu celular realmente diz muito sobre você.

Artigo publicado pelo Oráculo, lá na Super.