Por: João Marcos | 4 anos atrás

Se você for viajar, tome alguns cuidados com a sua residência. As dicas a seguir são importantes e lhe ajudarão a minimizar a ocorrência de problemas em sua casa durante o seu afastamento.

assalto1

– Não comente a sua viagem com pessoas estranhas. Para o caso de alguma Emergência deixe um telefone de contato com um vizinho de confiança ou o zelador do prédio. Ligue para eles de vez em quando para saber se está tudo bem. Só deixe a chave da casa com pessoas de absoluta confiança;

– Nas ausências prolongadas peça a um parente ou amigo de confiança para visitar sua casa para demonstrar a presença de pessoas (abrindo janelas, regando jardins, entrando com carro na garagem, etc.);

– Deixe apenas pequenas janelas basculantes entreabertas para o ar circular e evitar mofo;

– Suspenda a entrega de jornais ou revistas e peça para um vizinho recolher a correspondência. Deixar acumular papel na porta de casa significa que não tem ninguém em casa;

– Não deixe as luzes externas sempre acesas, pois durante o dia significam ausência de pessoas. Instale um sensor (fotocélula) na parte externa de modo que as luzes sejam ligadas e desligadas automaticamente (de acordo com a luz solar);

– No caso de residências com gramados ou jardins contrate alguém para mantê-lo limpo evitando o aspecto de abandono;

– Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso é uma evidência que não há ninguém em casa;

– Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida em quem usá-la apenas para verificar se há alguém em casa;

– Feche as portas e janelas com trincos e trancas. Maior atenção deverá ser dispensada às aberturas que ficam na parte detrás da casa;

– Se você tem secretária eletrônica não deixe mensagens dizendo que estará fora. Utilize o atendimento padrão e abaixe o volume da secretária e do próprio telefone;

– Desligue a chama-piloto do aquecedor a gás ou a chave do aquecimento elétrico de água. Tire das tomadas os aparelhos de som, TVs, computadores e outros eletrodomésticos a fim de evitar os efeitos de uma eventual sobrecarga elétrica;

– Feche o registro geral da água;

– Deixe o mínimo de alimentos possível na geladeira ou no freezer para que não estraguem no caso de falta de energia;

– Se você tem aquário coloque um alimentador automático no mesmo;

– Se tiver cão ou gato deixe o bichinho em um hotel especializado em cuidar de animais de estimação.

Via 14º BPM