Por: | 8 anos atrás

 

A Comissão Processante da Schützenfest volta a se reunir nesta sexta-feira para o que deve ser a última tomada de depoimentos de testemunhas arroladas no processo de apuração das denúncias de infração político-administrativa e atos de improbidade supostamente cometidos pela prefeita Cecília Konell (DEM). Estão agendados os depoimentos do ex-presidente da Associação dos Clubes de Caça e Tiro do Vale do Itapocu (ACSTIV), Nelson Sjöberg, e o atual presidente da ACSTIV, Celso Hille, respectivamente para às 16 horas e para às 16h30.

Sjöberg e Hille foram convocados pela comissão, que espera obter informações importantes dos mesmos, já que tiveram envolvimento direto na formalização do contrato com a Fábrica do Show, empresa terceirizada que organizou a 21ª Schützenfest, mas também estavam na lista das testemunhas convocadas pela defesa da prefeita. Os depoimentos deles estavam agendados para quarta-feira, mas tiveram que ser adiados porque o advogado da prefeita, Moacir Silveira, não compareceu alegando não ter sido intimado pessoalmente, mas por meio de sua assessoria, a quem foi entregue a notificação.

Desta vez, a assessoria da comissão entregou a notificação diretamente ao advogado e a decisão é que as testemunhas serão ouvidas independentemente da presença ou não do mesmo, já que há prazos a serem cumpridos e a comissão não pode mais protelar determinados passos. A prefeita Cecília foi mais uma vez notificada pela comissão, que entende desta forma estar dando à mesma o amplo direito de defesa.