Por: Zeca Jr | 2 meses atrás

Não me convence!

Galera, eu pensei um milhão de vezes antes de escrever esta crônica. Jurei para mim mesmo que não entraria no mérito da questão quando o assunto é bom gosto musical, ou seja, falar de Ludmilla, Pablo Vittar ou Anitta, sertanejo universitário, em tempos que a nossa sociedade parece estar hipnotizada por esses ritmos é como dar nó em pingo d’água.

Se você não curte é só não escutar! Pronto, fácil assim. Não se faz necessário fazer textões nas redes sociais querendo impor o seu gosto, ou melhor, fazer com que as outras pessoas aprovem ou compartilhem somente o que você gosta. Eu por exemplo, sou apaixonado por rock, mas não é por isso que eu vou levantar uma bandeira, fazendo com que todos sejam apaixonados pelo rock.

Isso faz eu lembrar de uma história da minha adolescência, época que nem se sonhava em ter celular, ou algo semelhante. Minha irmã e sua família moravam em Toledo no Paraná e esporadicamente íamos pra lá visitá-los. A viagem por si só já era desgastante, ainda mais pelo motivo de que meus pais sintonizavam a rádio do carro nas rádios AM e a trilha sonora da nossa viagem baseava-se quase que totalmente em música sertaneja.

Na ida até que tudo bem, a expectativa de chegar na casa da minha irmã, ver os familiares “amortecia” um pouco a dor das músicas que rolavam na rádio. Mas a volta era terrível. O sentimento de saudade, misturado com aquelas músicas sertanejas doídas terminavam sempre em lágrimas que me acompanhavam na viagem toda até chegar em casa.

E não tinha essa de mandar o pai desligar o rádio ou algo assim, tinha que respeitar o gosto dele e da minha mãe. No Natal daquele ano eu já sabia o que iria pedir e era um walkman! Assim eu poderia ouvir minhas fitas K7, no meu fone de ouvido e tornar a viagem um pouco mais prazerosa.

Outra coisa é que naquela época, eu curtia muito Gilberto Gil, por causa da diferença gigantesca de gerações, meu pai não queria nem ouvir falar de Gil, justamente por um episódio ocorrido em Floripa, noticiado amplamente pela imprensa no ano de 76, em que Gilberto Gil fora preso por portar um cigarro de maconha.

Imagina na cabeça do meu pai, sabendo que o filho dele estava ouvindo som de um maconheiro… Lembro que eu quis comprar o LP Extra, e meu pai disse: jamais! Então para poder ouvir as músicas dele, eu tinha que esperar tocar na rádio para gravá-las em fitas K7, assim eu poderia ouví-las no meu walkman.

Então galera, vamos nos preocupar um pouco menos o que ouvem os outros. É aquela vela história, não é porque o cara vai se atirar no penhasco, que eu terei que me atirar também…

Que possamos manter o nosso gosto musical e respeitar o gosto (ou mau gosto) musical do outro. pois como bem disse Saramago, “aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro.”

Pirata Rock Bar

Para o povo que curte Guns n’ Roses a banda Guns for the Jungle, fará um super tributo no Pirata nesta sexta-feira

Atenção moçada do rock, Capitão fazendo a última chamada pra marujarada em geral embarcar porque a embarcação já está zarpando, tendo como atração nesta sexta-feira (09) um super tributo das bandas ACDC e Guns n’ Roses. No comando do tributo as bandas ALTA VOLTAGEM e GUNS FOR THE JUNGLE.

Para a noite de sábado (10), até o momento em que estava fechando a coluna, não havia sido informada qual a atração, a única coisa que eu posso garantir e que vai ser rock’n’roll…rsrsrs

Vale lembrar que a censura da casa é de 16 anos, sendo que menores de 16, devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Mais informações podem ser obtidas pelo fone: (47) 9 8407-9266.

Cali Cabeleireiros

Salão do Cali Cabeleireiro totalmente repaginado, com a assinatura do Arquiteto giorgio Ba-yer.

Com a assinatura e o bom gosto do Arquiteto Giorgio Bayer, o salão de beleza dos amigos Cali e Mauri Giovanella, entrou em 2018 todo repaginado.

Contudo, posso ressaltar que as mudanças servirão para deixar seus fiéis clientes muito mais satisfeitos com a qualidade dos serviços prestados por Cali, Mauri e toda a sua equipe.

Para quem ainda não conhece (acho isso impossível), o salão do Cali está situado na Rua Leopoldo Mahnke, 35, no centro e o telefone é (47)3371 6235.

Sucesso, meus amigos!

Blitz

Nos embalos de sábado a noite com a Blitz, no Pirata

Pessoal ligado no som dos anos 80, não pode ficar fora dessa. Já é para deixar um lugar reservado na agenda para o próximo dia 31/3 (sábado de Páscoa) para curtir uma noite pra lá de especial, embalada pela banda Blitz.

O agito todo irá acontecer no Pirata Rock Bar.

Trarei mais notícias em breve.

 

CPM e Comunidade Nin-Jitsu

CPM 22 é uma das atrações do dia 17/02 no Pirata.

Atenção meu povo, está chegando a hora! No próximo dia 17/02, rolando no palco do Pirata Rock Bar show com as bandas CPM 22 e Comunidade Nin-jitsu. Para abrir essa noitada especial, show com a banda Código de Bar.

Os ingressos já estão sendo vendidos nos seguintes locais: Pirata Rock Bar, Container Rock Wear, Ponto Certo Moda Jovem, Quiosque Brahma Chopp Shopping, Academia Espaço Maior, Posto Mime Matriz e no Posto Cidade Centro.

Vamos embora, porque a litorina não espera.
Até semana que vem!