Por: Gabrielle Figueiredo | 1 ano atrás

Se você é apaixonado por cinema, não pode deixar de prestigiar a programação de filmes que o Sesc Jaraguá do Sul exibirá esta semana.

De 4 a 8 de julho, rolam sessões gratuitas, sempre às 20h, no Teatro do Sesc (localizado na Rua Jorge Czerniewicz, 633). Não é necessário retirar ingressos. CineSesc de julho traz ao público uma seleção de filmes polêmicos e fora de qualquer circuito comercial de distribuição.

Confira a programação:

04/07 – 20h – SUPER NADA

Guto é um artista de rua e aspirante a ator que sonha em um dia ser reconhecido pelo seu trabalho. Dedicado, ele pratica, se prepara e participa de todas as audições que pode, na espera de que um dia a sorte chegue. Ele admira Zeca, um comediante que trabalha na TV e é idolatrado por muita gente, apesar de estar com uma carreira decadente. Classificação: 16 anos.

05/07 – 20h – INSUBORDINADOS

“Insubordinados”, dirigido por Edu Felistoque, conta a historia de Janete (Silvia Lourenço), que acompanha o pai internado em dias monótonos dentro do hospital e decide escrever para passar o tempo. Ela cria a delegada Diana, um alter ego que investiga casos cheios de adrenalina junto a dois companheiros policiais. Classificação: 16 anos.

06/07 – 20h – ELENA

Elena é muito mais do que uma história pessoal levada ao cinema: é um convite à reflexão sobre temas delicados e de grande relevância social como questões de gênero, a condição juvenil, saúde mental e a própria produção artística nacional. Foi o documentário mais visto em 2013 (60 mil espectadores nos cinemas). Classificação 14 anos.

07/07 – 20h – CIDADE CINZA

No ano de 2008, a prefeitura de São Paulo iniciou uma política de limpeza urbana pintando de cinza todos os muros que tivessem pichações. Entretanto, também foram apagados diversos grafites feitos por artistas, como a dupla OsGemeos. O filme aborda questões relacionadas à cidade, arte de rua e ocupação do espaço público. Classificação 14 anos.

08/07 – 20h – O SOM AO REDOR

A presença de uma milícia em uma rua de classe média na zona sul do Recife muda a vida dos moradores do local. Ao mesmo tempo em que alguns comemoram a tranquilidade trazida pela segurança privada, outros passam por momentos de extrema tensão. Classificação 16 anos.