Por: João Marcos | 6 anos atrás

O ator Amacio Mazzaropi é uma unanimidade na história da sétima arte brasileira. Com o personagem Jeca Tatu, ele conquistou a admiração do público e jamais foi esquecido. Por isso, a partir de hoje, o projeto Cinema nos Museus abre espaço aos filmes que tanto deixaram saudade.

A Semana Mazzaropi, que segue até o próximo sábado, 24, leva aos três espaços participantes da iniciativa seis longas-metragens estrelados pelo ator. Hoje, por exemplo, a homenagem começa com a exibição de ‘Jecão…um fofoqueiro no céu’, no Museu WEG. O local ainda recebe, amanhã, os espectadores interessados em assistir ‘Jeca e seu filho preto’. Na quarta-feira, tem também ‘A banda das velhas virgens’ e, na quinta-feira, ‘Jeca contra o capeta’. Todas as sessões ocorrem às 19h30.

A programação é complementada pela apresentação de ‘Zé do periquito’, no Museu Histórico Emílio da Silva, no dia 21, às 15h. Por fim, no sábado, a plateia verá ‘Betão ronca ferro’, no Museu Wolfgang Weege, no mesmo horário. Todas as exibições são gratuitas. A censura é de dez anos, com exceção do filme mostrado nesta segunda-feira, que só poderá ser por maiores de 16 anos, e de ‘A banda das velhas virgens’, com classificação indicativa de 12 anos.

Os ingressos são gratuitos, porém, o público deve retirá-los antecipadamente nos espaços participantes. A programação completa, bem como informações acerca dos filmes selecionados, está disponível na fanpage do evento: